Sergipe

01/07/2020

Sistema Faese/Senar discute orientações trabalhistas e normas sobre defensivos agrícolas

Por: Do Senar/SE

O Sistema Faese/Senar iniciou mais uma programação de lives com várias temáticas. Na última terça-feira, 30, foram discutidas orientações trabalhistas e normas sobre defensivos agrícolas.

Para a discussão foram convidadas a advogada e especialista em Prevenção de Passivos Trabalhistas Rurais, Ana Paula Brandão, e a engenheira agrônoma e diretora de Defesa Animal e Vegetal da Emdagro, Maria Aparecida Andrade Nascimento.

O presidente do Sistema Faese/Senar, Ivan Sobral, destacou a importância do tema para os produtores. “São duas temáticas importantes para os nossos produtores. Uma discussão muito produtiva e esclarecedora. Através dessas lives estamos buscando levar orientação para os nossos produtores”.

A engenheira agrônoma e diretora de Defesa Animal e Vegetal da Emdagro, Maria Aparecida Andrade Nascimento, esclareceu as principais dúvidas sobre o uso dos defensivos agrícolas.

“A preocupação da Emdagro é com a saúde do produtor rural. Fazemos todo esse controle pensando na sua saúde do produtor e do aplicador. Nós também nos preocupamos com a segurança alimentar. Queremos que o produtor produza sem resíduos de agrotóxicos. Temos também uma preocupação com os impactos no meio ambiente”, pontuou Aparecida durante live.

A advogada Ana Paula ressaltou que um dos pontos importantes para o produtor ficar atendo é guardar todos os documentos. Uma das principais problemáticas durante uma fiscalização na propriedade é a comprovação através dos documento.

“Uma propriedade para evitar um dano ou multa, precisa estar orientada do que a fiscalização vai pedir. O ideal é que os produtores se reúnam através dos seus sindicatos e façam algum tipo de programa para fazer um trabalho de orientação. O produtor prevenido não sofre e garante uma produção com segurança. O mais importante é que o produtor não se esqueça de guardar os documentos porque um dos grandes itens de autuação é de não ter um recibo, documentos ou comprovações”, alertou Ana Paula durante live.

Veja também