Representatividade do Setor

A CNA, o SENAR, o Instituto CNA, as Federações de Agricultura dos Estados e os Sindicatos Rurais expressam e defendem as reinvindicações do setor agropecuário participando de debates, comissões, grupos de trabalho, acordos e convenções coletivas, reuniões e outros foros de decisão.

Com um corpo técnico altamente qualificado, a CNA possui 199 representações nos principais órgãos de atuação do setor.

Orgãos

Representatividade 1
Representatividade 2
Representatividade 3
Representatividade 4
Representatividade 5
Representatividade 6
Representatividade 7
Representatividade 8
Representatividade 9
Representatividade 10
Representatividade 11
Representatividade 12
Representatividade 13
Representatividade 14
Representatividade 15
Representatividade 16



SENAR

Por intermédio do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural – SENAR, o Sistema sindical rural capacita e treina o pequeno produtor e o trabalhador rural. Desde 1993, o SENAR já capacitou mais de 60 milhões de trabalhadores do campo em todo o Brasil.

Para levar capacitação, desenvolvimento e tecnologia para o campo, o SENAR possui Grupos de Trabalho e Representações institucionais nas seguintes frentes:

  • Comitê ABC Cerrado do Banco Mundial, junto com Mapa e Embrapa
  • Grupo de Aprendizagem do Ministério do Trabalho – MTE
  • Oferta de cursos de formação inicial e continuada – FIC junto ao PRONATEC / MEC
  • Agricultura de Precisão no MAPA
  • Irrigação, com Federação de Agricultura dos Estados e órgãos competentes
  • Comitê da Saúde, junto com Administrações Regionais do SENAR da Bahia e Maranhão, Acre e Amazonas, Mato grosso e Goiás , Santa Catarina e Rio Grande do Sul, Espírito Santo e São Paulo.
  • PRADAM : Promove transferência de informações sobre 5 tecnologias para produção agropecuária, adaptadas ao Bioma Amazônico, para recuperação de áreas degradadas, a fim de evitar o desmatamento de novas áreas.
  • Comitê Editorial para Elaboração de Cartilhas e Materiais Didáticos
  • Treinamentos Metodológicos
  • Comitê de Educação a Distância

INSTITUTO CNA

Atuando na tríade produtor – proprietário – propriedade, o Instituto CNA desenvolve pesquisas e estrutura informações para atender as demandas do setor.

Possui interação constante com SDA/MAPA, OESAs/SFA dos Estados, INCRA/MDA, ITR/RF, entre outras.

Trabalha ativamente para reconhecimento da qualidade da pecuária nacional e seus produtos, com forte atuação junto às associações de raças bovinas e órgãos de defesa sanitárias:

  • Associação Brasileira de Hereford e Braford,
  • Associa3ção Brasileira de Angus,
  • Associação Brasileira de Criadores de Bovinos da Raça Wagyu,
  • Associação Brasileira de Criadores de Charolês,
  • Associação Brasileira de Criadores de Devon, e
  • Associação Brasileira de Brangus,
  • Embrapa,
  • SDA/MAPA, e
  • OESAs/SFA dos Estados.

ATUAÇÃO INTERNACIONAL

No âmbito internacional, o Sistema CNA/SENAR/ICNA tem representatividade nas seguintes entidades:

  • Aliança Láctea Global (ALG)
  • Cairns Group Farm Leaders
  • Confederación Interamericana de Ganaderos y Agricultores (CIAGA)
  • Comissão Sul-Americana para a Luta contra Febre Aftosa (COSALFA) – Opas/OMS
  • Comitê Hemisférico de Erradicação da Febre Aftosa (COHEA) – Opas/OMS
  • Comitê Veterinário Permanente do Cone Sul (CVP)
  • Federación de Asiciaciones Rurales del Mercosul (FARM)
  • Federación Panamericana de Lecheria (FEPALE)
  • Fórum Consultivo Econômico e Social do Mercosul (FCES)
  • Fórum Mercosul da Carne
  • Organização Mundial de Saúde Animal
  • Oficina Permanente de La Carne (Opic)
  • Seção Nacional de Coordenação dos Assuntos Relativos à Área de Livre Comércio das Américas (SENALCA)