Goiás

10/07/2019

Senar Goiás abre inscrições para treinamento gratuito de Aplicação de Defensivos Agrícolas - Pulverizador Autopropelido

Por: Comunicação Sistema Faeg/ Senar

Inovação tecnológica na geração de produtividade

A escola da terra, Senar Goiás, está com inscrições abertas para o treinamento que qualifica na geração de produtividade. Produtores e trabalhadores rurais dos municípios de São João D’Aliança, Rio Verde, Palmeiras de Goiás, Catalão, Acreúna, Cristalina, Joviânia e Vianópolis contam com o treinamento que está sendo oferecido em cada Sindicato Rural até agosto. Para que o cultivo do solo obtenha um ganho de produtividade é necessário realizar um planejamento agrícola.

O gerente de formação profissional rural do Senar Goiás, Leonnardo Cruvinel Furquim explica que, é para no máximo 12 participantes, e é um aperfeiçoamento que garante excelentes resultados no campo. “Com a qualificação, espera-se uma melhoria da mão-de-obra através da operação da máquina otimizando sua calibração, e conquistando a efetividade na aplicação dos produtos, em condição e quantidade aplicada” informa. De forma a exemplificar e explicar as condições ótimas de aplicação dos defensivos, o treinamento propõe esclarecer que não é a todo momento que se pode pulverizar a lavoura.

“Existem momentos que a aplicação é otimizada, a deriva é menor e o produto chega de forma mais efetiva no seu objetivo, seja o controle de plantas daninhas, manejo de pragas, inseto alvo, adubação foliar alcançando a condição desejada,” conta o gerente. O conteúdo programático engloba o aprendizado sobre a influência das condições climáticas na aplicação do defensivo, o circuito hidráulico no pulverizador, aferição e calibragem das pontas do pulverizador, regulagem, legislação da aplicação de defensivos, segurança e saúde do trabalhador, condução de conjunto pulverizador, cálculo da quantidade de produto na aplicação e condução do pulverizador utilizando GPS agrícola.

O instrutor do Senar Goiás, Clésio Rodrigues da Silva explica que eles orientam os participantes de todo o funcionamento da máquina. “Toda a parte mecânica, hidráulica e como funciona a pulverização desde a correta colocação do produto, o abastecimento, por onde ele passa, observando todas as peças, sistemas até na ponta da pulverização onde é aplicado o defensivo,” informa.

Essa ferramenta para aprendizagem também conta com a participação de graduandos. “Nós conseguimos entender como funciona esse pulverizador na prática para que quando sairmos da faculdade, possamos encontrar a máquina para regular, calibrar, ver se está tudo certo e ela começar a trabalhar,” disse a estudante de Agronomia, Marluce Corrêa Ribeiro. Outro exemplo é do produtor rural, Diego Frutuoso Correia de Assis, que realizou o curso em anos anteriores e o incentivo que traz a outros produtores. “A tecnologia está avançando a passos largos e precisamos nos adequar todos os dias. Para trabalharmos de forma correta e adequada precisamos de uma equipe qualificada, e o Senar é um sistema de grande valia para nós produtores. Ele vem para qualificar nossa mão de obra, valorizando o funcionário, o que é muito importante,” relata ele.

Geysa Pereira Ribeiro, que é coordenadora regional do Senar Goiás explica que a tecnologia da máquina garante a correta aplicação dos defensivos. “É calculada a vazão dos bicos do pulverizador e ela consegue atender realmente o que é necessário aplicar de defensivo para a cultura, seja de milho, soja, feijão. Este equipamento atende uma área maior por vez, por hora de trabalho melhorando a eficiência da aplicação em si,” conta. Inscreva-se gratuitamente pelo site: http://bit.ly/2LJaV0B.


Veja também