14/06/2019

Campo Futuro levanta custos de grãos, laranja e pinus

Brasília (14/06/2019) – A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), em parceria com universidades e centros de pesquisa, realizou durante essa semana, painéis do Projeto Campo Futuro para levantar os custos de produção de soja, milho, laranja e pinus.

A coleta de dados da laranja de mesa aconteceu na quinta (13), no município de Cornélio Procópio (PR). De acordo com dados preliminares, 80% da laranja produzida é destinada ao mercado e 20% à indústria.

“Os produtores da região trabalham na otimização do uso de recursos e tecnologias, diminuindo espaçamento de plantio, implementando novas cultivares com mudas de qualidade e renovando pomares depreciados”, disse a assessora técnica da CNA Lorena Pedrosa.

Segundo ela, o Custo Operacional Efetivo (COE) da atividade é de R$ 422,45 por tonelada e o Custo Operacional Total (COT) é R$ 518,44/ton. A margem líquida em relação ao COT é de R$ 8,56/ton. Já o Custo Total (CT) é de R$ 600,23/ton.

“O encontro foi muito proveitoso, precisamos saber onde estamos trabalhando e a maneira como tirar melhor proveito da atividade”, disse o produtor Valdir da Silva.

Soja e milho – O Projeto Campo Futuro também passou por Bom Jesus, no Piauí, para levantar os custos de produção da soja e do milho. A reunião aconteceu na quinta (13) e contou com a participação de produtores rurais e técnicos do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea).

Para o produtor Tiago Pietas, o painel revela o real custo de produção da atividade. “Eu venho de uma sucessão familiar e tento refinar cada vez mais a produção, mas quem não coloca na ponta do lápis as despesas, nunca sabe quanto custou a sua produção por hectare, então a planilha apresentada traz uma realidade de preço”.

Painel de soja e milho em Bom Jesus (PI)

Pinus – Na sexta (14), foi a vez dos produtores de pinus da região de Arapoti (PR) receberem a visita dos técnicos do Projeto Campo Futuro. O produtor Osmael Portela afirmou que o levantamento foi importante para mostrar que o pinus é uma cultura rentável, uma planta que desenvolve bem, mas que precisa de cuidados.

Painel de pinus em Arapoti (PR)

Assessoria de Comunicação CNA
Telefone: (61) 2109-1419
flickr.com/photos/canaldoprodutor
twitter.com/SistemaCNA
facebook.com/SistemaCNA
instagram.com/SistemaCNA
facebook.com/SENARBrasil

Veja também