Sergipe

06/01/2020

Senar capacita jovens em pecuária leiteira para o mercado de trabalho

Por: Da Ascom/SE

A pecuária leiteira é a principal atividade econômica do município de Nossa Senhora da Glória, Alto Sertão sergipano. Com o objetivo de capacitar os jovens da região em pecuária de leite, o Serviço Nacional de Aprendizagem em Sergipe (Senar/SE) criou o Senar Jovem, um programa de formação profissional.

O assistente agropecuário pode atuar como empreendedor na sua propriedade e na gestão das fazendas. O curso tem carga horária de 406 horas com aulas práticas e teóricas e tem como público-alvo os filhos de produtores ou trabalhadores rurais cursando o 3º ano ou que já tenham concluído o ensino médio.

O aluno Álvaro Santos é um dos alunos que participou do programa. Álvaro é filho de produtor rural e tem aplicado todo aprendizado na propriedade do pai. Ele lembra que no início não tinha muito interesse na área, mas após o curso do Senar Jovem desistiu de prestar vestibular para o curso de Pedagogia para fazer Engenharia Agronômica.  

“Estou aprendendo várias coisas e colocando em prática, tanto na propriedade dos meus pais como na propriedade dos meus tios. Colocando na prática os conhecimentos que adquiri sobre exame de mastite, vacinação, soro caseiro, higiene, e principalmente a ração. Há um tempo perdemos 19 vacas por conta de uma ração errada. Agora compramos outra remessa e estamos engordando para vender”, conta.

A aluna Lílian da Cunha Reis estuda Engenharia Agronômica em paralelo com o curso. Ela explica que o Senar Jovem trouxe uma vivência de campo diferente da universidade, principalmente no manejo diário da ordenha.

“Foi um curso muito que me ajudou bastante porque apendemos muita coisa na forma antiga e agora a gente já sabe a maneira correta. Gostei muito do módulo de Bovinocultura Leiteira. Vimos um pouco da nossa realidade. Coisas simples que muitas vezes deixamos passar como a limpeza dos tetos, higienização correta, a prática de realizar o exame de mastite que muitos produtores não fazem”, explica Lílian.

A aluna Vanessa Santos de França já ajuda o pai na gestão da propriedade, que é um produtor assistido pelo programa de Assistência Técnica e Gerencial do Senar. Ela conta que o programa Senar Jovem ajudou muito no gerenciamento da propriedade.

“Eu ajudo meu pai nas anotações do programa de assistência técnica. Gostei muito do curso, pois muita coisa eu não sabia como o manejo, aplicações do exame de mastite e a formulação das rações. Aos poucos estou aplicando os conhecimentos na propriedade. Estou pensando em estudar Agronomia por gostar da área”, afirma.

Ao todo 17 jovens estão sendo formados pelo programa. A coordenadora Valéria Vilanova destaca que o curso tem um papel importante na região por capacitar jovens para atuarem em uma atividade importante que é pecuária de leite, já que Nossa Senhora da Glória é a bacia leiteira de Sergipe.

“O objetivo é formar profissionais habilitados em pecuária leiteira, atuando como empreendedor em sua propriedade ou na gestão de fazendas. O curso proporciona a vivência das atividades desenvolvidas e incentiva os jovens na qualificação do trabalho no campo, além da geração de renda e permanência da juventude no meio rural”, afirma.

Veja também