Minas Gerais

04/08/2020

Projeto Modernização e Gestão da Informação do Sistema FAEMG: fase 2 da pesquisa quer ouvir 25 mil produtores

O Projeto Modernização e Gestão da Informação do Sistema FAEMG, que encerrou sua primeira fase em junho sorteando uma conta digital da FAEMG com saldo de R$ 1 mil, entrou em sua segunda etapa com um treinamento online para mobilizadores nesta semana reunindo mais de 70 pessoas, entre equipes da Coordenadoria de Planejamento do SENAR, da Superintendência Administrativo Financeira da FAEMG e o Setor de Arrecadação da entidade, gerentes regionais e mobilizadores.

Conforme o coordenador de Planejamento Celso Furtado Júnior, a 2ª etapa será feita com a aplicação de questionários através de e-mail, WhatsApp ou QR Code, junto a produtores rurais que ainda não responderam a pesquisa. “O maior propósito do projeto são a construção e o incremento do canal de comunicação entre produtores e entidades que os representam em todos os segmentos, principalmente para conhecer os problemas que se manifestam no dia a dia da atividade e, ao mesmo tempo, construir soluções do ponto de vista do produtor”, explica.

Na primeira fase, foram cerca de 7.300 questionários respondidos. Nesta etapa, o objetivo é aumentar a amostra para 25 mil produtores no estado. Na 2ª etapa, além dos Sindicatos que já fizeram a adesão, participarão também os mobilizadores que foram pioneiros no bem-sucedido Projeto Mobilizar Bem.

Sistema mais próximo do produtor

O treinamento foi dividido em cinco partes, incluindo a abertura e tempo para dúvidas e sugestões dos participantes. Eles também simularam o preenchimento do questionário. Na abertura do encontro, o superintendente do SENAR Minas, Christiano Nascif, ressaltou a importância dos Sindicatos Rurais na aproximação do Sistema FAEMG/SENAR/INAES do produtor rural e dos mobilizadores como agentes estratégicos dessa conexão. “Nosso objetivo é ouvir mais o produtor, saber qual é sua demanda, sua real necessidade; dar um caráter mais regional da atuação do Sistema, pois sabemos que Minas tem várias particularidades regionais que devem ser tratadas de formas diferentes”, disse.

Celso Furtado Júnior considerou o treinamento muito satisfatório e destacou a importância dessa fase para ampliação da amostra da pesquisa. “Falamos muito na modernização do agro, e nosso sistema também caminha se modernizando, inovando e ouvindo sempre nossos clientes. O relatório final vai trazer informações para que possamos promover uma maior integração entre todas as partes do Sistema”, avalia o coordenador.

"A partir de 1º de agosto os mobilizadores que aderiram para participar da 2ª etapa já estarão nessa empreitada, aplicando o questionário junto aos produtores rurais do Estado", adianta Celso.

Veja também