11/06/2019

Projeto Campo Futuro mostra custos de produção de laranja e mandioca

Brasília (11/06/2019) – A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) realizou na terça (11), em Paranavaí (PR), levantamentos de custos de produção de laranja e mandioca. A iniciativa faz parte do Projeto Campo Futuro, que reúne informações estratégicas, junto aos produtores rurais, para ajudá-los na tomada de decisões do dia a dia na atividade.

Segundo os resultados preliminares do painel de laranja industrial, o Custo Operacional Efetivo (COE) foi de R$ 14,50 por caixa de 40,8 kg, alta de 8% em relação ao levantamento anterior feito na região há 3 anos. Este aumento é reflexo, principalmente, da variação de preços e dos custos com fertilizantes, que subiram 40%, além dos defensivos.

O produtor Cláudio Garbin participou pela segunda vez do levantamento e destacou a importância do projeto. “A metodologia pela busca do custo de produção é perfeita. Começa com base zero e depois vão se adicionando todos os custos que temos. E o resultado expressa exatamente a realidade que temos em Paranavaí. Precisamos desse tipo de iniciativa para outras culturas na região”, ressaltou.

Já a apuração dos custos de produção da mandioca industrial mostrou que o preço médio atual de R$ 308/tonelada não cobre os custos, que foram de R$ 373/tonelada (Custo Operacional Efetivo), R$ 416/tonelada (Custo Operacional Total) e R$ 431/tonelada (Custo Total).

No entanto, segunda análise dos técnicos do projeto, em um período de alta do preço o valor da mandioca pode chegar a R$ 715/tonelada, o que daria margem positiva para os produtores. Para o produtor Gabriel Back, a coleta detalhada de informações mostra a situação preocupante vivida pelos produtores do oeste paranaense e acende um sinal de alerta na atividade.

A assessora técnica da CNA, Lorena Pedrosa, e Matheus Mangia, do Centro de Inteligência de Mercados da Universidade Federal de Lavras (CIM/UFLA), coordenaram os trabalhos no encontro, que teve a participação e produtores, sindicatos rurais e da Federação da Agricultura do Estado do Paraná (Faep).

Os levantamentos de terça (11) deram início aos painéis que acontecem até sexta (14). Ainda no Paraná, estão previstos levantamentos de laranja, café e pinus em Cornélio Procópio, Apucarana e Jaguariaíva, respectivamente. Também nesta semana, acontecem levantamentos de custos de produção de soja e milho em Balsas (MA), Uruçuí (PI) e Bom Jesus do Piauí (PI).

Assessoria de Comunicação CNA
Fotos: Lorena Pedrosa e Matheus Mangia
Telefone: (61) 2109-1419
flickr.com/photos/canaldoprodutor
cnabrasil.org.br
twitter.com/SistemaCNA
facebook.com/SistemaCNA
instagram.com/SistemaCNA
facebook.com/SENARBrasil

Áreas de atuação

Fruticultura Hortaliças e Flores

Veja também