Mato Grosso

05/03/2021

Programa Campo Aprendiz do Senar-MT capacita jovens para atuação no distrito de Deciolândia

Por: Assessoria de Imprensa/Senar-MT Fonte: Assessoria de Imprensa/Senar-MT

Em parceria com o Grupo SLC e o Sindicato Rural de Diamantino, o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (Senar-MT) está realizando o programa Campo Aprendiz. Os treinamentos acontecerão na fazenda Paiaguás e serão capacitados 12 jovens para atuar no setor do Agronegócio.

Guilherme Souza Damasceno da Silva, de 18 anos, é um dos 12 jovens que estão participando do programa no município de Diamantino. "Sempre acompanhei o Campo Aprendiz, mas não tinha idade suficiente para participar, assim que completei os 18 anos, ingressei no programa e estou muito satisfeito com tudo que tenho aprendido".

O Campo Aprendiz tem como público alvo jovens na faixa etária de 18 a 24 anos de idade, que estejam matriculados, frequentando a escola e, que possuam contrato de trabalho especial de aprendizagem. Os critérios são importantes para garantir que os jovens possam cumprir efetivamente os três pilares do processo de aprendizagem: escola, trabalho e formação profissional.

Morador e aprendiz na Fazenda Paiaguás, o jovem lembra ainda que o programa vai contribuir com seu futuro profissional. "Meu plano é me formar na faculdade de agronomia e, se der tudo certo, trabalhar aqui mesmo no grupo SLC. Tenho buscado qualificação para que isso seja possível e o Senar-MT tem contribuído para que consiga alcançar esse objetivo".

Para o Supervisor de Regional do Senar-MT, Rodrigo Garcia, o programa surge como uma importante ferramenta de formação profissional rural. "Os jovens de distritos como o de Deciolândia, por conta da localidade, enfrentam algumas dificuldades para conseguir se capacitar. O mercado local também acaba sofrendo com a falta de mão de obra qualificada, o Campo Aprendiz surge justamente para preencher essas lacunas no setor do agronegócio".

Garcia acrescenta ainda como seguirá a programação do Campo Aprendiz no distrito de Deciolândia. "O programa vai se estender durante sete meses, onde ocorrerá 13 módulos, com teoria e a prática com a tutoria de um instrutor credenciado do Senar-MT, totalizando 480 horas de aula prática profissional, acompanhando as atividades executadas no dia a dia da fazenda".

Veja também