18/05/2018

CNA levanta custos de produção de grãos e café

Brasília (18/05/2018) – Técnicos da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) promoveram, durante toda a semana, painéis do Projeto Campo Futuro para levantar custos de produção da soja, milho, trigo, arroz e café nas regiões Sul e Sudeste.

Produtores, representantes de sindicatos rurais, técnicos de assistência e extensão rural participaram do levantamento das informações.

De acordo com o assessor técnico da Comissão Nacional de Cereais, Fibras e Oleaginosas da CNA, Alan Malinski, nos municípios gaúchos de Carazinho, Cruz Alta e Tupanciretã, foi constatado que as boas condições climáticas favoreceram o bom desenvolvimento da safra de grãos.

“Dados preliminares indicam que os produtores obtiveram rentabilidade positiva com o plantio da soja. As culturas de milho e trigo tiveram problemas de produtividade e a receita obtida não cobriu os custos de desembolso”, afirmou Alan.

Painel Campo Futuro em Tupanciretã (RS)

Já em Camaquã e Uruguaiana, também no Rio Grande do Sul, mesmo com a queda de aproximadamente 12% na receita da comercialização do arroz, os produtores conseguiram cobrir os custos de desembolsos, entretanto, a rentabilidade ficou comprometida.

A soja plantada em áreas de sequeiro em Camaquã e Bagé tiveram problemas causados pelo veranico ocorrido entre os meses de dezembro e janeiro. “A quebra na produtividade foi de aproximadamente 50% e isso pode prejudicar o produtor na hora de cobrir os custos de desembolso”, explicou Alan.

Segundo o assessor técnico, para a soja irrigada de Bagé, a produtividade gerou rentabilidade positiva ao produtor rural. “Dessa forma fica evidente o potencial dessa região que está crescendo no plantio da oleaginosa, entretanto, é necessário que a implantação de áreas irrigadas continue expandindo”.

Café - Os técnicos da CNA e do Centro de Inteligência em Mercado da Universidade Federal de Lavras (CIM/UFLA) também passaram, nesta semana, por Monte Carmelo e Santa Rita do Sapucaí (Minas Gerais), Franca (São Paulo) e Apucarana (Paraná) para levantar os custos de produção do café arábica brasileiro.

Campo Futuro – É um projeto realizado pela CNA e o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), em parceria com universidades e centros de pesquisa, além das Federações de Agricultura e Pecuária dos Estados. O Campo Futuro alia a capacitação do produtor rural à geração de informação para a administração de custos, de riscos de preços e gerenciamento da produção.

Assessoria de Comunicação CNA/SENAR
Telefone: (61) 2109 1419

cnabrasil.org.br
senar.org.br
twitter.com/SistemaCNA
facebook.com/SistemaCNA
instagram.com/SistemaCNA
twitter.com/SENARBrasil
facebook.com/SENARBrasil

Veja também