Publicações

Ipca
13 de dezembro de 2021
IPCA desacelera em novembro em razão do recuo nos preços de alimentos e saúde
banner.png

A inflação, medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), teve alta de 0,95% em novembro, ante crescimento de 1,25% em outubro. Em novembro de 2020, a variação mensal foi de 0,89%.

Dos nove grupos de produtos e serviços pesquisados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), apenas Alimentação e bebidas (-0,04%) e Saúde e cuidados pessoais (-0,57%) registraram queda no mês.

A alta de novembro foi puxada pelos transportes (3,35%), com forte influência dos combustíveis, com destaque para a gasolina (7,38%), que teve o maior impacto individual no índice do mês (0,46 p.p.).

Houve crescimento também nos preços do etanol (10,53%), do óleo diesel (7,48%) e do gás veicular (4,30%). Com o resultado de novembro, a gasolina acumula, em 12 meses, alta de 50,78%, o etanol de 69,40% e o diesel, 49,56%. As passagens aéreas, por outro lado, recuaram 6,12% em novembro, após as altas de 28,19% em setembro e 33,86% em outubro.

Áreas de atuação