Alta demanda e desvalorização do real faz preço do café seguir alta no mercado

Por: a CNA em parceria com o SENAR e o CIM/UFLA

Contrariando comportamento do mercado brasileiro, mesmo em época de colheita, arábica manteve elevação das sacas em junho de 2021.

Desvalorização do real frente ao dólar, atraso nas exportações do café colombiano, redução na produção do Vietnã e do estoque brasileiro, estão entre as principais causas para o preço mais elevado das sacas de café ser registrado em plena colheita de junho de 2021, época em que geralmente as cotações tendem a cair por conta da nova safra.


Áreas de atuação

Café

Veja também