Antecipa CNA: Apesar da competitividade do etanol, excedente mundial de açúcar pressiona receita do produtor de cana

Por: Superintendência Técnica da CNA

Os baixos preços do açúcar no mercado internacional resultam do excesso de oferta das últimas 2 safras e dos elevados estoques do produto. Apesar da ascensão ininterrupta do consumo, o salto na produção de açúcar foi mais intenso devido aos desempenhos destacados da Tailândia e da Índia. Esse último, em 2018, deve desbancar o Brasil como maior produtor mundial de açúcar desde 1996.

Veja também