19/03/2019

Sistema CNA inicia mapeamento de startups do agro no Rio Grande do Sul

Brasília (19/03/2019) O Sistema CNA, em parceria com a Federação da Agricultura do Estado do Rio Grande do Sul (Farsul) e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), iniciou na segunda (18) o mapeamento de startups no agronegócio gaúcho em busca de inovações em tecnologia no setor.  

A proposta é identificar oportunidades de inovação e os esforços que já estão sendo empreendidos no estado para construir soluções para o campo com o uso da tecnologia, focando no ambiente das startups.

De acordo com o secretário-executivo do Instituto CNA, André Sanches, no universo das empresas de inovação, muitas inovações tecnológicas para o meio rural são criadas na cidade. Desta forma, a apresentação de soluções nem sempre contempla os problemas do campo.

“A participação da agropecuária na economia brasileira tem chamado a atenção das startups. Mas nem sempre as inovações que chegam atendem os interesses do produtor, pois cada região tem suas necessidades. De início já identificamos que o Rio Grande do Sul é muito heterogêneo, então uma solução não atenderá a todos”.

O presidente do Sistema Farsul, Gedeão Pereira, afirmou que o estado não pode deixar de acompanhar as inovações que vem transformando rapidamente o campo.

Já o superintendente do Senar/RS, Eduardo Condorelli, identificou que os participantes dos cursos oferecidos pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar-RS) demonstram interesse em conhecer novas tecnologias.

“Um dos principais problemas enfrentados pelo produtor gaúcho é o alto custo de produção, portanto as soluções desenvolvidas devem vir para reduzir o gasto e não para onerar ainda mais o produtor”.

Segundo a assessora técnica do Instituto CNA, Águeda Recio Y Alvarez, o mapeamento conta com o apoio da consultoria especializada da Startup Commons, empresa finlandesa que desenvolve infraestrutura de dados e utiliza metodologias próprias para mensurar e monitorar ecossistemas de inovação.

“O objetivo desse projeto é conhecer o grau de maturidade das agtechs e dos envolvidos no sistema de inovação para fomentar o desenvolvimento de tecnologia em cada região”.

Águeda explica que durante o mapeamento são realizadas entrevistas com representantes do poder público, diretores de startups, dirigentes de parques tecnológicos e outros atores do ambiente de inovação com soluções para o agronegócio.

“Já passamos por Bahia, Mato Grosso do Sul e agora Rio Grande do Sul. Na próxima semana visitaremos Rondônia e, no final de abril, Minas Gerais. Ao final do projeto, teremos identificadas as ações praticadas em cada estado, propostas de intervenção e estratégias e especificações para implantar uma possível plataforma com mapeamento de todos os envolvidos na área de inovação”.

Participaram do evento de lançamento o secretário da Inovação, Ciência e Tecnologia do RS, Luís da Cunha Lamb e o superintendente do Sebrae-RS, André Godoy.

Assessoria de Comunicação CNA/Farsul
Fotos: Gerson Raugust/Divulgação Sistema Farsul
Telefone: (61) 2109-1419
flickr.com/photos/canaldoprodutor
cnabrasil.org.br
twitter.com/SistemaCNA
facebook.com/SistemaCNA
instagram.com/SistemaCNA
facebook.com/SENARBrasil

Veja também