18/09/2020

Projeto Paisagens Rurais capacita técnicos para recuperação de áreas e pastagens degradadas

Brasília (18/09/2020) – Os 100 técnicos e supervisores do projeto Paisagens Rurais que vão atuar nos estados da Bahia, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais e Maranhão seguem em capacitação virtual até esta sexta (18).

Durante a imersão, que teve início no dia 8, esses profissionais estão aprofundando os conhecimentos em tecnologias de recuperação de áreas e de pastagens degradadas.

O técnico de campo Marcos Davi Silva é um deles. Ele vai atender propriedades rurais selecionadas pelo projeto na região de Brejolândia, no oeste da Bahia.

Marcos Silva é técnico de campo na região de Brejolândia (BA)
Marcos Silva é técnico de campo na região de Brejolândia (BA)

“A capacitação tem sido uma ótima oportunidade de adquirir novos conhecimentos e desenvolver habilidades, principalmente no que diz respeito à recuperação de áreas degradadas e do passivo ambiental. A partir das necessidades dos produtores, vamos ajudá-los nos processos de desenvolvimento econômico, social e ambiental”, afirma.

O projeto prevê a recuperação de 7 mil hectares de áreas degradadas e utilização de tecnologia de agricultura de baixo carbono em 100 mil hectares.

As formas de diagnóstico da degradação de pastagens e as soluções tecnológicas mais adequadas à realidade do pecuarista são abordadas pelo pesquisador da Embrapa Cerrados, Luiz Adriano Maia Cordeiro, coordenador de Sistemas Agropecuários Conservacionistas e Sustentáveis do Ministério da Agricultura.

“São várias estratégias de recuperação ou renovação de pastagens degradadas, que envolvem desde melhorias no manejo do pastejo, ajustes da lotação animal, correção da acidez do solo até a adoção de sistemas de Integração Lavoura-Pecuária-Florestas (ILPF). Essas tecnologias permitem uma atividade pecuária produtiva e rentável. Cabe ao produtor rural aceitar a inovação tecnológica e ao técnico ofertar as melhores opções para a intensificação sustentável da pecuária de corte e de leite”.

Sobre o Projeto

O projeto Paisagens Rurais é financiado com recursos do Programa de Investimento Florestal (FIP em inglês) que são gerenciados pelo Banco Mundial. A coordenação é do Serviço Florestal Brasileiro (SFB) e do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) com parceria da Agência de Cooperação Técnica Alemã (GIZ), Senar, Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTI), por meio do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), e Embrapa.

Assessoria de Comunicação CNA

Foto: Adriano Brito

Telefone: (61) 2109-1419

flickr.com/photos/canaldoprodutor

cnabrasil.org.br

twitter.com/SistemaCNA

facebook.com/SistemaCNA

instagram.com/SistemaCNA

facebook.com/SENARBrasil

Veja também