Maranhão

07/11/2019

Programa Empreendedor Rural do Senar capacita jovens de Santa Luzia

Por: SENAR MA

O Senar Maranhão acaba de certificar trinta jovens alunos do ensino médio e técnico em agropecuária, da Casa Familiar Rural (CFR), localizada em Esperantina (Santa Luzia do Tide), que participaram do Programa Empreendedor Rural (PER).

A solenidade de encerramento do PER, ocorreu na sede da CFR na presença do superintendente do Senar, Luiz Figueiredo, da equipe técnica da casa coordenada pela professora Maria de Fátima Ferro e de parceiros, como:  Sindicatos dos Trabalhadores Rurais de São Luís e de Santa Luzia, respectivamente; da prefeitura municipal e da Associação que mantém as Casas Familiares Rurais Maranhenses. Também participou o vereador José Jenisdean Pereira da Rocha.

As aulas ministradas pela instrutora do Senar Sônia Marques, com o apoio e logística da CFR, tiverem início desde o mês de junho deste ano e se estenderam até meados de outubro. O curso foi composto por 17 Módulos.  Cada um deles com carga horária de 8h/aula, cujo principal objetivo é oportunizar o aprimoramento de competência empresarial e empreendedora.

O Eixo Condutor do PER é a elaboração e análise, pelo participante, de um projeto de investimento de capital. O Projeto é composto de 05 fases: Diagnóstico, Planejamento Estratégico, Estudo de Mercado, Engenharia do Projeto e Avaliação. Os alunos recebem materiais específicos como por exemplo: 3 livros, 1 caderno de anotação, mochila, camisa, boné e ainda, caneta, lápis e borracha.

Gestão

O curso apresenta temas na área de Inteligência Emocional, onde são trabalhados o lado comportamental e as principais características empreendedoras, com foco na liderança. Também são abordados temas relativos às áreas de administração e gestão, voltados para a elaboração do projeto.

Os jovens alunos tem origem na zona rural dos municípios de Santa Luzia, de Bom Jesus das Selvas, Santa Inês e Pindaré Mirim. A maioria deles é filho de pequenos produtores rurais, e agora, depois de se especializarem, se dizem preparados para investir na propriedade familiar, com foco no gerenciamento do negócio, como é o caso de Francisco Mota, morador do Centro do Hermógenes, povoado de Santa Luzia.

“O curso para mim significou tudo, porque com ele me especializei e agora posso gerenciar os negócios para que eu tenha crescimento e possa ajudar a minha família a ter uma condição melhor. A minha perspectiva agora é trabalhar e melhorar cada vez mais os meus estudos”, frisou o concludente premiado, por se destacar na participação das aulas, nas atividades de grupo, no desempenho técnico, na apresentação e contextualização e na defesa do projeto final.

Alavancar

O professor e coordenador-adjunto da CFR, Franceilton Sousa dos Santos, fala da experiência positiva que foi firmar parceria com o Senar para alavancar a vida dos jovens produtores rurais.

“Me sinto feliz por estar realizando o sonho desses alunos, que é finalizar o curso técnico e ao mesmo tempo receber conhecimentos por meio do PER, do Senar. Podemos ver hoje a felicidade de cada um deles. O Senar veio para somar com a gente”, disse ele, satisfeito.

A engenheira agrônoma e instrutora do Senar, responsável pelo curso, se diz satisfeita como profissional ao contribuir com a construção de conhecimento dos alunos, bem como na preparação deles para o mercado de trabalho.

“É gratificante como profissional, poder conduzir o processo de crescimento da vida dessa turma. A partir de agora, eles poderão melhorar e administrar o seu próprio negócio e vão saber identificar as características empreendedoras que têm e se tornarem bons profissionais no mercado do seu município”, frisou a professora.

O superintendente do Senar, afirmou que: “Os jovens concludentes do curso do PER, estarão agora, com certeza, aptos para desenvolver com bom proveito as habilidades e conhecimentos que permeiam o mundo dos negócios, tornando a pequena atividade produtiva rural da família, um grande empreendimento."

Veja também