Paraná

03/07/2020

JAA inspirou aluno a seguir carreira como instrutor do SENAR-PR

Por: Comunicação Social – Sistema FAEP/SENAR-PR

O filho de agricultores Gian Ricardo Grechinski, 24 anos, é protagonista de mais uma história de inspiração do Programa Jovem Agricultor Aprendiz (JAA). Nascido e criado em Prudentópolis, na região Centro-Sul do Paraná, Grechinski sempre teve contato próximo com o campo. Porém, até o ensino médio, tinha planos de deixar o interior para fazer curso técnico em informática. Essa história começou a mudar de rumo com o JAA.

Na primeira turma do programa no colégio em que estudava, Grechinski fez o módulo de “Olericultura Geral”, parte prática disponível após a conclusão do módulo inicial em “Gestão do Agronegócio”. “No JAA, eu comecei a ter uma visão mais empreendedora sobre trabalhar no meio rural. A partir daí, fui amadurecendo a ideia de fazer Agronomia. Virei amigo do instrutor, que me ajudou muito e disse que eu poderia virar instrutor também. Quando ingressei na faculdade, fiquei com essa ideia na cabeça”, compartilha.

No último período da faculdade, constava na grade curricular o estágio obrigatório. Foi quando Gian, ainda movido pela ideia de trabalhar com instrutoria, procurou orientações para estagiar no JAA. “Meu antigo instrutor ajudou no contato com a coordenação do programa para a autorizar o estágio. Acompanhei duas turmas do JAA, um aprendizado enorme”, conta.

Em 2018, já com o diploma de Agronomia em mãos, Gian participou de editais para atuar como instrutor do SENAR-PR. No ano seguinte, começou a dar cursos do Programa HortiMais, iniciativa voltada para a qualificação de olericultores. Até que em 2020 foi chamado para integrar o quadro de instrutores do JAA.

“Depois que me formei em Agronomia, eu tive oportunidade de outros trabalhos, até de sair do interior, mas sempre quis a instrutoria. Foi meu foco desde sempre. Durante um ano fui participando de outros editais e dos treinamentos, aguardando essa oportunidade”, afirma, animado com a novidade. Além do HortiMais e JAA, Grechinski também é credenciado para os cursos “Instalações para bovinocultura de leite”, “Distribuidor centrífugo de fertilizantes e corretivos” e “Pulverizador de tratorizado de barras”.

Negócio

Nesse meio-tempo, a partir dos ensinamentos que obteve com o JAA e a faculdade, Grechinski investiu no próprio negócio: montou sua granja de suínos em um pedaço da propriedade da família. “Com a instrutoria do SENAR-PR, eu consigo organizar meu tempo para dar cursos e tocar minha produção”, salienta.

Como instrutor do JAA, Grechinski pretende passar sua experiência aos jovens e mostrar que há oportunidades no interior, principalmente no fomento ao empreendedorismo rural, visão que adquiriu enquanto aluno do programa. “Eu vejo na minha região muita gente saindo para um mercado saturado na cidade, sendo que tem muita oportunidade no inteiro, além da qualidade de vida”, relata. “O JAA mudou meu destino e eu quero proporcionar isso para os jovens”, conclui.

Leia mais notícias no Boletim Informativo.

Veja também

Produtor, neste momento de crise em razão do coronavírus, você não está sozinho. Clique aqui e fale com nossos técnicos.