19/01/2016

Demonstrações práticas ajudam produtor a melhorar a rentabilidade em Mato Grosso

Em Nova Xavantina a Carrega Brasil, carreta que se transforma numa sala de aula, estacionou no complexo turístico da cidade. Foi à beira do rio da Mortes, diante de uma vista diferenciada e atraente, que no último final de semana, mais de 80 pessoas fizeram as oficinas com demonstrações práticas do Projeto Soja Brasil, realizado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (SENAR/MT), Canal Rural e Aprosoja Brasil.

Para o presidente do Sindicato Rural de Nova Xavantina, Endrigo Dalcin, eventos como o Soja Brasil são sempre muito importantes e atraem a atenção do produtor. "Os agricultores são carentes de informações sobre as novas tecnologias. Eles estão interessados em informação e conhecimento pra minimizar os custos e aumentar a produtividade. Estamos em um ano de custos altos, o maior da história de Mato Grosso".

O pesquisador da Embrapa, Osmar Conte enfatizou que o manejo integrado de pragas leva economia para o produtor rural, mas nem todos atribuem o devido valor a esta prática. "O principal objetivo do manejo integrado de pragas é unir as diferentes táticas de controle para o manejo das pragas da soja". Conte também chama a atenção para a diferença entre conhecimento e informação. “Recebemos informações a todo momento, mas temos que transformá-las em conhecimento para aplicar na lavoura”, acrescenta.

Para o produtor José Almiro Muller, os assuntos técnicos acompanhados de demonstrações práticas são muito importantes para atualizar o produtor rural. "Quando assistimos estas demonstrações práticas fica mais fácil para repassarmos as informações para os nossos colaboradores. Tenho certeza que as informações que recebemos durante o Soja Brasil vai nos ajudar a fazer uma diferença considerável na rentabilidade de nossa safra", analisa Muller que já participou da Academia de Liderança, um dos programas especiais do Senar-MT.

O etanol de milho foi outro assunto em pauta no Soja Brasil e chamou a atenção dos produtores rurais. O conselheiro do Senar-MT, Glauber Silveira mostrou as vantagens de investir na produção do etano de milho e destacou que Mato Grosso já produz cerca de hum milhão de litros de etanol por ano e pelo menos 20% desta produção é de milho. "Sugiro que vocês estudem o assunto. Afinal é no momento de crise que surgem as grandes oportunidades de negócio e, eu posso garantir: o etanol de milho é um negócio muito promissor".

A primeira semana da segunda etapa do Soja Brasil foi concluída em Nova Xavantina. Nessa segunda-feira (18.01), o projeto foirealizado em Campo Verde. As noites são sempre reservadas para as palestras e as manhãs para as demonstrações práticas. Os assuntos em pauta são manejo integrado e pragas e tecnologia de aplicação.


PROGRAMAÇÃO DA CARAVANA SOJA BRASIL

Terça-feira (19) – Primavera do  Leste
Quarta-feira (20) – Rondonópolis
Quinta-feira (21) – Itiquira
Sexta-feira (22) – Alto Araguaia

Assessoria de Comunicação do SENAR/MT
sistemafamato.org.br

Veja também