12/01/2016

Carrega Brasil estaciona em Porto Alegre do Norte (MT)

Com cerca de 22.500 hectares de área plantada com soja, Porto Alegre do Norte é a primeira cidade a receber o projeto Soja Brasil em 2016. Realizado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (SENAR-MT), Canal Rural, Aprosoja Brasil e vários outros parceiros, o projeto acontece pela segunda vez no município. O presidente do Sindicato Rural, Marcelo Gonçalves Rodrigues destaca que o conhecimento é primordial para o produtor reduzir prejuízos e aumentar a rentabilidade.

De acordo com o superintendente do SENAR-MT, Otávio Celidonio, Manejo Integrado de Pragas e Tecnologia de Aplicação de Defensivos Agrícolas, temas abordados nas palestras e oficinas do Soja Brasil são importantes para o produtor rural. "Em alguns municípios o Etanol de Milho também será discutido durante os eventos", ressalta o superintende.

A primeira palestra da noite, em Porto Alegre do Norte foi do pesquisador da Embrapa, Osmar Conte. Ele falou sobre Manejo Integrado de Pragas (MIP). Conte abordou assuntos como controle biológico e químico, aplicação correta de defensivos e amostragem.

Já o segundo palestrante foi o pesquisador da Universidade Estadual Paulista (Unesp), campus de Botucatu, Allisson Augusto Barbieri Mota que falou sobre Tecnologia de Aplicação de defensivo. Mota falou para uma plateia de mais de 80 pessoas que interagiu fazendo perguntas e pedindo orientações sobre problemas comuns na região.

SAFRA

O presidente do Sindicato Rural, Marcelo Gonçalves Rodrigues, conta que a seca de 2016 foi uma das piores dos últimos 30 anos. Segundo ele, pelo menos 30% da área plantada foi replantada. "E desta área replantada, mais de 15% foi semeado novamente", ressalta o presidente.

Ainda não há como mensurar os prejuízos e a redução na rentabilidade, mas Gonçalves garante que houve quebra na produção. "Percebemos que a soja plantada em solos mais argilosos e, em áreas cobertas com palhada de milho os prejuízos com a seca foram menores".

Na opinião de Gonçalves, o conhecimento e a informação podem ajudar o produtor a minimizar os prejuízos. "Por isso, o projeto Soja Brasil é importante para nossa região", ressalta o presidente. Além de Porto Alegre do Norte participaram das palestras e das oficinas do Soja Brasil, produtores de Canabrava e Confresa.

SINDICATO

Marcelo Gonçalves Rodrigues assumiu o Sindicato Rural de Porto Alegre do Norte em fevereiro de 2015. Ele ressalta que dentre suas metas está a manutenção da parceria com o Senar-MT. "A carência de mão de obra qualificada é grande em nosso município. Além disso, temos uma rotatividade muito grande de profissionais. Precisamos manter a qualificação e o nosso principal parceiro é o Senar-MT nesse desafio", ressalta o presidente.

Além disso, Rodrigues pretende ainda ampliar o número de associados que atualmente é de cerca de 100 associados. "Outro objetivo é trabalhar para promover a união entre os produtores. São dois grandes desafios", revela o presidente. Ele destaca que além disso é preciso manter a prestação de serviço que o Sindicato promove há alguns anos já.

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO DA SEGUNDA ETAPA DA CARAVANA SOJA BRASIL:

PRIMEIRA SEMANA
Segunda-feira (11) – Porto Alegre do Norte
Terça-feira (12) – Querência
Quarta-feira (13) – Canarana
Quinta-feira  (14) – Água Boa
Sexta-feira (15) – Nova Xavantina

SEGUNDA SEMANA
Segunda-feira (18) – Campo Verde
Terça-feira (19) – Primavera do  Leste
Quarta-feira (20) – Rondonópolis
Quinta-feira (21) – Itiquira
Sexta-feira (22) – Alto Araguaia

Assessoria de Comunicação Sistema Famato/ SENAR-MT
www.sistemafamato.org.br

Veja também