Minas Gerais

29/09/2020

Alunos do Programa Agente de Turismo Rural lançam rotas em Carrancas (MG)

Por: SENAR MINAS

A turma do curso de Agente de Turismo Rural do Sistema FAEMG/SENAR/INAES lançou, no encerramento do programa em Carrancas, o projeto “Rota de Turismo Rural”. Segundo a instrutora Cláudia Ferolla, o novo produto vai beneficiar e criar oportunidades no município. “Esse é um tipo de turismo em que o visitante vai precisar agendar para conhecer os roteiros. É um trabalho diferenciado e muito bem planejado”.

Alunos do Programa Agente de Turismo Rural lançam rotas em Carrancas (MG) - SENAR MINAS
Alunos do Programa em Carrancas

O projeto, que tem o apoio do Sindicato dos Produtores Rurais de Carrancas, conta com quatro roteiros. Os destinos foram desenvolvidos e testados pelo grupo e já estão prontos para serem comercializados. O visitante terá a oportunidade de vivenciar o dia a dia de uma propriedade rural, desfrutar da gastronomia mineira, de um café colonial e ainda conhecer os produtos artesanais, a parte história e contemplar as belezas naturais de Carrancas.

Os roteiros foram apresentados para a comunidade no encerramento do programa. Com o objetivo de evitar aglomerações, algumas pessoas acompanharam a apresentação pela internet. A analista técnica do SENAR MINAS e coordenadora do programa no estado, Marília Saraiva, seguiu tudo de Belo Horizonte. “O turismo rural exerce um papel importantíssimo no contexto do agronegócio e no desenvolvimento social e econômico. Parabenizo os novos agentes pelos resultados. Esse é o início de um bom trabalho”.

Alunos do Programa Agente de Turismo Rural lançam rotas em Carrancas (MG) - SENAR MINAS

A aluna Maria Nanci de Rezende, do Sítio Planalto, disse que no início pensou em desistir, mas, depois de conhecer o contexto do programa, resolveu investir na capacitação. “Gostei muito do curso, principalmente das visitas. Eu não tinha espaço para receber turistas na minha casa, mas já estamos em reforma, investindo e adaptando a propriedade”.

Giltony Batista Tito, que também fez o curso, há seis anos enxergou a possibilidade de um investimento no turismo rural. “Carrancas tem potencial. O curso veio para alavancar. Com o aprendizado que recebemos, o projeto será um sucesso”.

“O programa é fantástico; me fez enxergar muitas possibilidades para o meio rural e compreender o que é o turismo rural, os seus benefícios para a comunidade, a responsabilidade de quem trabalha com ele, desde a suas exigências jurídicas, primeiros socorros, criar roteiros, classificar trilhas até como colocar uma mesa de forma elegante”, foi  o que disse a aluna e proprietária do Fazenda Correia, Waleria Kimerling.

Alunos do Programa Agente de Turismo Rural lançam rotas em Carrancas (MG) - SENAR MINAS
A instrutora Cláudia Ferolla, durante o encerramento virtual

Abaixo, a programação dos roteiros:

Roteiro 1 - Visitação a sítios rurais com oportunidade de conhecer animais da roça e degustar frutas no pé. Almoço com comida típica da roça mineira, com possibilidade para passear em carro de boi, comprar artesanato, doces, geleias e quitandas.

Roteiro 2 - Percorre um trecho da Estrada Real, iniciando com um café da roça em sítio rural, conhece um local chamado Cruz das Almas, desfruta das águas cristalinas de uma cachoeira escondida e a vegetação do entorno, almoço da roça em fazenda típica da região que tem o leite como tradição. Visita ao distrito rural da Capela do Saco, às margens da represa de Camargos, e divisa com o município de São João Del Rei. Retorno à cidade de Carrancas a tempo de assistir ao pôr do sol.

Alunos do Programa Agente de Turismo Rural lançam rotas em Carrancas (MG) - SENAR MINAS

Roteiro 3 - A Fazenda do Correia é uma propriedade que faz parte do contexto histórico do município. Na fazenda é servido um lanche e lá tem caminhada ecológica, açude para pesca, corredeiras para banho, horta orgânica, produção de cerveja artesanal, doces e geleias. O roteiro passa pela Serra de Carrancas a tempo de ver o pôr do sol.

Roteiro 4 - Passeio por fazendas tradicionais da região. Começa pela igreja matriz de Nossa Senhora da Conceição, segue para um sítio rural, onde o turista conhece animais e as atividades rurais. Tem também um carro de boi e seu carreiro, um passeio rústico e conta com a prosa do Sr. Pedro, dono dos bois. A programação segue pela Fazenda do Leme, construída no início do século XVIII, depois para Fazenda do Serrote, com a oportunidade de adquirir muçarela de búfala. Um delicioso café colonial é servido na Fazenda do Favacho (pioneira na criação do cavalo Mangalarga Marchador), onde serão recebidos para uma visita guiada na propriedade. Passa ainda na venda de queijos, mel e cachaça da Fazenda do Chalé. Retornando para Carrancas o turista conhece o grande Jequitibá Rosa, que precisa de nove adultos para ser abraçado.

Para mais informações, o turista pode entrar em contato com o Sindicato Rural de Carrancas.

Veja também