PIB da Agropecuária é impactado pelo clima e apresenta retração

Por: Diretoria Técnica da CNA

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou os resultados do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil para o terceiro trimestre de 2021. A economia brasileira teve retração de 0,1% quando comparada ao trimestre anterior, que já havia sido de queda de 0,4%. Na Agropecuária, a queda foi de 8,0% ante o trimestre anterior. A Indústria registrou estabilidade e o setor de Serviços teve alta de 1,1%, na mesma base de comparação. 

O IBGE fez importantes revisões nas taxas de crescimento do ano anterior, alterando o PIB total, que estava com queda de 4,1%, e foi revisado para cima, agora em queda de 3,9%. Para a Agropecuária, a revisão também foi altista, impulsionando o crescimento no ano anterior. O setor apresentava alta de 2,0% em 2020, e após a revisão, o crescimento foi para 3,8%, quase dobrando o realizado no último ano.

Devido a esses e outros fatores, a Agropecuária tem a difícil tarefa de crescer em meio à base forte do ano anterior, onde o setor já havia demonstrado um comportamento além dos demais grupos de atividades, produzindo alimentos em meio à crise pandêmica, gerando empregos e movimentando a economia brasileira.

Áreas de atuação

Núcleo Econômico

Veja também