IPCA segue em forte aceleração com crescimento de 1,25% em outubro, a maior para o mês desde 2002

Por: Diretoria Técnica da CNA

A inflação, medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), teve alta de 1,25% em outubro, a maior para o mês desde 2002, quando o índice foi de 1,31%. Em outubro de 2020, a variação mensal foi de 0,86%.

Todos os nove grupos de produtos e serviços pesquisados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) registraram alta no mês. Destaque para transportes (2,62%), com o maior impacto (0,55 p) no índice de outubro, em razão, principalmente, dos combustíveis (3,21%). A gasolina apresentouvariação de 3,10% e impacto individual de 0,19 p.p.. A alta da gasolina está relacionada aos reajustes consecutivos que têm sido aplicados no preço do combustível pela Petrobras. Com isso, a gasolina acumula alta de 38,29% no ano e 42,72% nos últimos 12 meses. Além da gasolina, houve também aumento nos preços do óleo diesel (5,77%), etanol (3,54%) e gás veicular (0,84%).

Áreas de atuação

Núcleo Econômico

Veja também