16/09/2021

Live debate rastreabilidade e certificação de frutas e hortaliças

Brasília (16/09/2021) – A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) promoveu, na quinta (16), a live “Os caminhos do hortifrúti” para debater os benefícios e os desafios da rastreabilidade e da certificação de frutas e hortaliças por parte de diferentes entes da cadeia produtiva.

O evento foi realizado em parceria com a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura no Brasil (FAO) no Brasil e faz parte da campanha “Frutas e Hortaliças – Por que comer mais?”.

A assessora técnica da CNA, Letícia Fonseca, foi a moderadora do debate e afirmou que a rastreabilidade ainda é um desafio para os produtores rurais. “A Confederação busca ferramentas para auxiliar o produtor a se adequar à legislação e fornecer todas as informações do processo produtivo ao consumidor. O AgriTrace Rastreabilidade Vegetal é um exemplo”.

Na sua apresentação, o vice-presidente administrativo da Associação Brasileira de Supermercados (ABRAS), Marcio Milan, trouxe os números do setor, como o desempenho de frutas e hortaliças no faturamento dos supermercados e o crescimento da representatividade dos produtos rastreados.

Marcio apresentou também o Programa Rama, uma iniciativa da ABRAS e suas associações estaduais, que visa o rastreamento e monitoramento de frutas, legumes e verduras. “Conhecer a origem dos produtos é fundamental. A pandemia acelerou a atenção do consumidor com a saúde, qualidade de vida e bem-estar”, disse.

Durante a live, o diretor executivo da Sekita Agronegócios, Eduardo Sekita, apresentou o case de sucesso da empresa, que produz por ano cerca de 100 mil toneladas de hortaliças. A empresa faz desde 2015 a rastreabilidade para todas as culturas produzidas. “Estamos sempre em busca da melhoria de processos, otimização de recursos, capacitação dos colaboradores e custo adequado, focando na excelência de nossos produtos”.

Para ele, do ponto de vista do produtor rural, a rastreabilidade proporciona o estabelecimento de marca e controle logístico. Já a certificação traz como benefícios a padronização e a melhoria de processos internos, além da vantagem competitiva.

Por fim, Matheus Witzler, do Serviço Brasileiro de Certificações (SBC), explicou que a certificação é uma declaração formal de comprovação emitida por quem tenha credibilidade, com foco na segurança de todos. Apontou também que a certificação permite aos produtores se tornarem mais aptos a eventuais mudanças e melhorias no processo produtivo.

“A certificação é, em primeiro lugar, uma segurança para quem produz. É estar pronto para passar segurança para quem compra a produção e permite atingir mercados mais exigentes e demandas futuras”.

Veja o calendário das próximas lives temáticas:

30/09: Qual a salada de amanhã?
14/10: De onde vem as frutas e hortaliças no Brasil?

Assista a live “Os caminhos do hortifrúti” na íntegra:

Assista a live “A força das frutas e hortaliças na alimentação” na íntegra:

Assista a live “Frutas e hortaliças são alimentos seguros” na íntegra:

Assista o seminário “Frutas e Hortaliças – Por que comer mais?” na íntegra:

Assessoria de Comunicação CNA
Telefone: (61) 2109-1419
flickr.com/photos/canaldoprodutor
twitter.com/SistemaCNA
facebook.com/SistemaCNA
instagram.com/SistemaCNA
facebook.com/SENARBrasil
youtube.com/agrofortebrasilforte

Áreas de atuação

Fruticultura Hortaliças e Flores

Veja também