Minas Gerais

02/07/2020

Cursos em Espera Feliz (MG) miram na qualidade do café para que produtores tenham lucro na venda

Por: SENAR MINAS

Os cursos de Colheita e Preparo do Café Pós-Colheita Via Seca realizados no pelo Sistema FAEMG/SENAR/INAES no município de Espera Feliz estão mudando a forma de trabalhar dos cafeicultores que buscam produzir café de qualidade. Seis turmas concluíram os treinamentos nos meses de maio e junho. O objetivo: obter cafés acima de 80 pontos na qualidade dos grãos e da bebida.

SENAR MINAS - Cafés Especiais - Espera Feliz

A estudante do curso superior em Tecnologia e Cafeicultura Disláine Rocha Estevão disse que o curso foi uma oportunidade de aprimorar o trabalho que ela já faz na propriedade da família, localizada no Assentamento Padre Jésus. “Organizei a produção e fiz um novo terreiro suspenso, de bambu, para melhorar as técnicas de secagem dos grãos após a colheita e com capacidade para mais café. O instrutor nos orientou sobre como ganhar em qualidade e quantidade para termos maior lucratividade na hora de vender”.

O casal Sueli e Jucimar Amaral, do Assentamento Boa Vista, também participou dos cursos e a produtora garante que mudaram a visão sobre os cuidados com o café. “Queremos chegar ao café de qualidade e estamos colocando em prática os ensinamentos. Agora sabemos mais em relação à sobre a importância da estufa e do terreiro suspenso e no próximo ano vamos ampliar as estruturas que já temos”. 

Após os cursos, o jovem cafeicultor João Pedro de Almeida Lanes construiu terreiros suspensos cobertos no sítio da família (Sítio Vô Dedê, em Córrego Terra Branca) e enfatiza que o aprendizado o incentivou a continuar se aperfeiçoando “para dar seguimento ao patrimônio familiar, tornando-o mais rentável”.

Potencial local

Segundo o engenheiro agrônomo e dr. em Fitotecnia Milton Pereira Flores, instrutor dos cursos, as turmas compreenderam os ensinamentos vivenciando os procedimentos adequados, o que eleva o potencial da região de se tornar uma referência na produção e comercialização com foco na qualidade e na lucratividade. Para o mobilizador do Sindicato dos Produtores Rurais de Espera Feliz, Leonardo Chaves de Souza, a capacitação é essencial para o fortalecimento da produção de cafés especiais no município, que vem se destacando nesse segmento.

Veja também