Minas Gerais

02/07/2020

Cursos em Espera Feliz (MG) miram na qualidade do café para que produtores tenham lucro na venda

Por: SENAR MINAS

Os cursos de Colheita e Preparo do Café Pós-Colheita Via Seca realizados no pelo Sistema FAEMG/SENAR/INAES no município de Espera Feliz estão mudando a forma de trabalhar dos cafeicultores que buscam produzir café de qualidade. Seis turmas concluíram os treinamentos nos meses de maio e junho. O objetivo: obter cafés acima de 80 pontos na qualidade dos grãos e da bebida.

SENAR MINAS - Cafés Especiais - Espera Feliz

A estudante do curso superior em Tecnologia e Cafeicultura Disláine Rocha Estevão disse que o curso foi uma oportunidade de aprimorar o trabalho que ela já faz na propriedade da família, localizada no Assentamento Padre Jésus. “Organizei a produção e fiz um novo terreiro suspenso, de bambu, para melhorar as técnicas de secagem dos grãos após a colheita e com capacidade para mais café. O instrutor nos orientou sobre como ganhar em qualidade e quantidade para termos maior lucratividade na hora de vender”.

O casal Sueli e Jucimar Amaral, do Assentamento Boa Vista, também participou dos cursos e a produtora garante que mudaram a visão sobre os cuidados com o café. “Queremos chegar ao café de qualidade e estamos colocando em prática os ensinamentos. Agora sabemos mais em relação à sobre a importância da estufa e do terreiro suspenso e no próximo ano vamos ampliar as estruturas que já temos”. 

Após os cursos, o jovem cafeicultor João Pedro de Almeida Lanes construiu terreiros suspensos cobertos no sítio da família (Sítio Vô Dedê, em Córrego Terra Branca) e enfatiza que o aprendizado o incentivou a continuar se aperfeiçoando “para dar seguimento ao patrimônio familiar, tornando-o mais rentável”.

Potencial local

Segundo o engenheiro agrônomo e dr. em Fitotecnia Milton Pereira Flores, instrutor dos cursos, as turmas compreenderam os ensinamentos vivenciando os procedimentos adequados, o que eleva o potencial da região de se tornar uma referência na produção e comercialização com foco na qualidade e na lucratividade. Para o mobilizador do Sindicato dos Produtores Rurais de Espera Feliz, Leonardo Chaves de Souza, a capacitação é essencial para o fortalecimento da produção de cafés especiais no município, que vem se destacando nesse segmento.

Veja também

Produtor, neste momento de crise em razão do coronavírus, você não está sozinho. Clique aqui e fale com nossos técnicos.