27/03/2020

CNM quer ampliar diálogo com CNA e diz que vai orientar prefeituras a manter agroindústrias

Brasília (26/03/2020) – A Confederação Nacional dos Municípios (CMN) disse na quinta (26) que vai orientar as prefeituras a manter o funcionamento das agroindústrias e propôs a ampliação do diálogo com a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) para garantir serviços de logística, distribuição de insumos e o abastecimento de alimentos à população brasileira durante este período de crise provocado pelo coronavirus.

A decisão é uma resposta a um pedido do presidente da CNA, João Martins, defendendo a continuidade da produção nas agroindústrias, em cumprimento ao Decreto 10.282 e à Medida Provisória 926.

Estas normativas definem o agro como um dos setores essenciais e que precisa manter a atividade neste momento para assegurar o abastecimento de alimentos neste momento em que os brasileiros adotam o isolamento social e outras determinações para evitar a disseminação do coronavirus.

Na resposta, o presidente da CNM, Glademir Aroldi, disse que realizou uma videoconferência com a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, e um representante do Ministério de Infraestrutura, para discutir estratégias conjuntas.

Segundo ele, a ideia foi “nivelar as informações aos gestores municipais quanto às adequações de isolamento social com especial foco na manutenção de serviços essenciais, em especial a garantia de abastecimento, circulação d e insumos e a manutenção de uma rede de apoio às atividades logísticas”.

O dirigente informou que será emitida uma nota conjunta da CNM e dos Ministérios da Agricultura e da Infraestrutura para orientar os municípios sobre as medidas adequadas a serem tomadas.

Veja o ofício de resposta da CNM

Assessoria de Comunicação CNA
Telefone: (61) 2109-1419
flickr.com/photos/canaldoprodutor
cnabrasil.org.br
twitter.com/SistemaCNA
facebook.com/SistemaCNA
instagram.com/SistemaCNA
facebook.com/SENARBrasil

Áreas de atuação

Relações Institucionais

Veja também