18/08/2020

CNA e Conselho do Agro debatem Reforma Tributária na Expogenética

Brasília (18/08/2020) – A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e as entidades que integram o Conselho do Agro se reuniram, na terça (18), durante uma transmissão ao vivo na Expogenética, para debater uma série de temas como as propostas de Reforma Tributária do Executivo e do Legislativo e os impactos que trarão para o setor agropecuário.

O encontro fez parte da programação da 13ª edição da Expogenética, promovida pela Associação Brasileira dos Criadores de Zebu (ABCZ) de 13 a 23 de agosto. Este ano, diante da pandemia do Covid-19, o evento está sendo realizado totalmente no formato virtual.

O primeiro tema da reunião foi a Reforma Tributária e seus impactos. O Congresso Nacional e o governo estão debatendo atualmente três propostas: a PEC 45/2019, da Câmara, a PEC 110/2019, do Senado, e o Projeto de Lei 3.887/2020.

O presidente da CNA, João Martins, começou a reunião falando das ações e das análises técnicas, jurídicas e econômicas que a Confederação tem feito para informar os produtores, as Federações e os sindicatos, e até mesmo os parlamentares, sobre os impactos das várias propostas que foram apresentadas. “Precisamos de uma reforma justa, que simplifique o sistema tributário, e que não aumente a carga tributária”, afirmou.

Em seguida, Martins passou a palavra ao presidente do Instituto CNA, Roberto Brant, ao consultor da CNA, Nilson Leitão, e ao superintendente técnico, Bruno Lucchi, que trouxeram informações sobre o andamento das reformas no Congresso Nacional, traçaram cenários para o setor e para a sociedade e falaram do trabalho de esclarecimento que tem sido feito pela Confederação.

Para o presidente da ABCZ, Rivaldo Machado, o agro, que hoje é a base da economia do país, não pode ter uma carga tributária que não condiz com a realidade do campo. “Essa reunião foi uma oportunidade de reunir a CNA e as principais entidades para trabalhar e atender as demandas do setor”.

Os integrantes do Conselho do Agro também trataram de outros temas como a importância da rastreabilidade na pecuária e os projetos sobre melhoramento genético.

“A rastreabilidade é o diferencial para conquistar novos mercados. O Sistema CNA/Senar tem trabalhado nesse tema. O êxito da agropecuária é que as entidades se unem para buscar um consenso do que é o melhor para o produtor”, afirmou João Martins.

Assessoria de Comunicação CNA
Telefone: (61) 2109-1419
flickr.com/photos/canaldoprodutor
twitter.com/SistemaCNA
facebook.com/SistemaCNA
instagram.com/SistemaCNA
facebook.com/SENARBrasil

Veja também