26/07/2021

CNA discute padrões de identidade e qualidade de aguardente de cana e cachaça

Brasília (26/07/2021) – A Comissão Nacional de Cana-de-Açúcar da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) se reuniu, na segunda (26), para discutir a análise da minuta de Portaria 339/2021, que dispõe sobre os padrões de identidade e qualidade de aguardente de cana e cachaça.

O encontro contou com a participação do presidente da Comissão Nacional de Cana-de-Açúcar da CNA, Ênio Fernandes, do coordenador de Produção Agrícola da CNA, Maciel Silva, e da assessora técnica da CNA, Eduarda Lee Lima, além de produtores, representantes de federações estaduais e entidades do setor.

A minuta altera a Instrução Normativa da Cachaça (IN 13) – principal regulamento que estabelece os padrões de identidade e qualidade da cachaça – e encontra-se aberta para consulta pública até 13 de setembro, o Dia Nacional da Cachaça.

O objetivo da reunião foi debater o tema e dar andamento à elaboração de uma resposta conjunta a respeito da portaria. Segundo Eduarda, com as alterações sugeridas busca-se atualizar os marcos regulatórios de caracterização e fabricação de ambos produtos e garantir a competitividade com outros destilados, levando em consideração melhorias na fiscalização e preservação da saúde do consumidor.

“A discussão da portaria é de extrema importância para o setor. E como não poderia ser diferente, buscamos trabalhar com respaldo em estudos e laudos elaborados por especialistas do tema”, disse Ênio Fernandes.

A cachaça, símbolo nacional, possui selo de Indicação Geográfica, estabelecida pelo Instituto Nacional de Propriedade Industrial (Inpi) desde 2001, através do Decreto 4.062.

Assessoria de Comunicação CNA
Foto: Wenderson Araujo
Telefone: (61) 2109-1419
flickr.com/photos/canaldoprodutor
twitter.com/SistemaCNA
facebook.com/SistemaCNA
instagram.com/SistemaCNA
facebook.com/SENARBrasil
youtube.com/agrofortebrasilforte

Áreas de atuação

Cana-de-açúcar

Veja também