16/08/2019

CNA debate metodologia de preço da borracha

Brasília (16/08/2019) – A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) debateu na quinta-feira (15) a metodologia para formação do preço de referência da borracha natural comercialmente conhecida como GEB-10 (Granulado Escuro Brasileiro).

O assunto foi tema da reunião da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva da Borracha Natural no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

A CNA apoia a discussão porque o preço de referência do GEB-10 é a base que determina o preço do coágulo virgem a granel recebido pelo heveicultor brasileiro.

Na Câmara foi apresentado ainda um resumo do Diagnóstico Sócio Econômico da Cadeia Produtiva da Borracha e Medidas de Competitividade que está sendo elaborado pela MBAgro, com apoio do governo e do setor produtivo.

“Esse estudo é importante porque será a base para conhecermos a geografia do setor tanto no Brasil quanto no mundo. Com esses dados, teremos a possibilidade de desenvolver políticas que incentivem e aumentem a competitividade da cultura no país,” afirmou Rogério Avellar, assessor técnico da Comissão Nacional de Silvicultura e Agrossilvicultura da CNA.

Também durante a reunião, a Confederação, em conjunto com a Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, apresentou um levantamento atualizado das áreas de seringais no Brasil, organizado pela Dra. Elaine Gonçalves, com dados de sete estados (SP; MS; MG; GO; BA; ES e TO). 

“Isso foi realizado com o objetivo de colaborar com a Câmara para termos números reais de dimensionamento do setor e, consequentemente, uma definição melhor dos pleitos”, ressaltou Avellar.

Assessoria de Comunicação CNA
Telefone: (61) 2109-1419
flickr.com/photos/canaldoprodutor
cnabrasil.org.br
twitter.com/SistemaCNA
facebook.com/SistemaCNA
instagram.com/SistemaCNA
facebook.com/SENARBrasil

Áreas de atuação

Silvicultura e Agrossilvicultura

Veja também