03/09/2019

CNA debate cultivo e comercialização do peixe pangasius

Brasília (03/09/2019) – A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) participou de uma reunião para discutir a criação e a comercialização do peixe pangasius no estado do Rio Grande do Norte.

O encontro ocorreu na terça (3), na sede da Federação da Agricultura, Pecuária e Pesca do Rio Grande do Norte (Faern), e reuniu produtores rurais, técnicos e representantes da cadeia produtiva.

O presidente do Sistema Faern/Senar, José Vieira, informou que o estado é o terceiro a regularizar a criação da espécie no país. “É uma atividade nova e precisamos debater estratégias de comercialização para não cometermos erros”.

Durante a reunião, o presidente da Comissão Nacional de Aquicultura da CNA, Eduardo Ono, destacou que o Vietnã é o principal produtor de panga no mundo e exporta cerca de 45 mil toneladas do produto para o Brasil.

“A produção brasileira ainda é pequena, mas estamos discutindo formas de estruturar melhor a cadeia produtiva. Um dos gargalos no Rio Grande do Norte, por exemplo, é a ausência de indústria com Serviço de Inspeção Federal (SIF) para realizar o processamento do peixe”.

Ono também falou sobre a importância dos produtores elaborarem um planejamento estratégico da atividade, considerando aspectos técnicos, sanitários e tecnológicos. “É preciso ter visão estratégica para evitar problemas futuros”.

Presidente do Sistema Faern/Senar, José Vieira

Assessoria de Comunicação CNA
Telefone: (61) 2109-1419
flickr.com/photos/canaldoprodutor
twitter.com/SistemaCNA
facebook.com/SistemaCNA
instagram.com/SistemaCNA
facebook.com/SENARBrasil

Áreas de atuação

Aquicultura

Veja também