15/07/2019

Câmara setorial vai incentivar uso de fibras naturais nos estoques da Conab

Brasília (15/07/2019) – A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) participou na segunda (15), em Brasília, da reunião da Câmara Setorial de Fibras Naturais do Ministério da Agricultura.

O colegiado é presidido pelo presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Amazonas (FAEA) e da Comissão Nacional de Desenvolvimento da Região Norte da CNA, Muni Lourenço.

O incentivo ao uso de sacos de fibras de juta e de malva para armazenam de grãos foi um dos assuntos debatidos na reunião. A Câmara Setorial vai reforçar a solicitação junto à Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

A intenção, de acordo com Muni Lourenço, é que os grãos dos estoques públicos sejam armazenados em sacos de fibras naturais em substituição aos de polipropileno, material derivado do petróleo.

Muni Lourenço
Muni Lourenço

“Anualmente a Conab utiliza uma quantidade expressiva de sacos de plástico nos estoques públicos. Nossa proposta é que parte desses sacos plásticos seja substituída por fibras naturais, não poluentes e biodegradáveis”, destacou Muni.

A assessora técnica da Comissão de Empreendedores Familiares Rurais da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil, Marina F. Zimmermann também participou da reunião e destaca que o uso de fibras naturais vai contribuir para manter a qualidade desses grãos.

Marina Zimmermann
Marina Zimmermann

“Essa iniciativa é também uma forma de impulsionar a produção desses produtos de origem vegetal e, ao mesmo tempo, contribuir para a melhoria da qualidade de vida de famílias ribeirinhas que são produtores das fibras de juta, malva e de sisal”, comenta.

Durante a reunião também foram abordados os benefícios a assinatura do acordo entre Mercosul e União Europeia pode proporcionar para o setor de fibras naturais.

Assessoria de Comunicação CNA
Fotos: Wenderson Araujo
Telefone: (61) 2109-1419
flickr.com/photos/canaldoprodutor
twitter.com/SistemaCNA
facebook.com/SistemaCNA
instagram.com/SistemaCNA
facebook.com/SENARBrasil

Veja também