Tecnologia é diferencial da produção de grãos e fibras no oeste da Bahia
MG 0906

No terceiro dia do programa AgroBrazil, as delegações estrangeiras conheceram sistemas de automação e maquinário inteligente

8 de agosto 2019
Por CNA

Luís Eduardo Magalhães/BA (07/08/19) - A tecnologia empregada no desenvolvimento da soja e do algodão no oeste da Bahia foi a pauta do programa de intercâmbio AgroBrazil na quarta-feira (7), em Luís Eduardo Magalhães e Barreiras.

As 10 delegações estrangeiras que participam do programa, entre elas alguns dos principais países importadores de grãos e fibras do Brasil, visitaram a produção de sementes de soja e de algodão e conheceram sistemas de automação e maquinário inteligente usados nas lavouras da região.

"Conhecer a produção agropecuária do Brasil é importante porque meu país é pequeno e precisa desse conhecimento para aumentar a produção", afirmou Radihisham Bin Ismail, adido comercial na Embaixada da Malásia.

Áreas de atuação