Mato Grosso do Sul

03/03/2020

Sistema Famasul vai premiar projetos acadêmicos que contribuam com a agropecuária do estado

Por: Sistema Famasul Fonte: Assessoria de Comunicação

Estimular a comunidade acadêmica na elaboração de projetos científicos que contribuam com o setor agropecuário sul-mato-grossense e do Brasil. Este é o objetivo do Prêmio Agrociência Sistema Famasul, que vai reconhecer as melhores ideias elaboradas por alunos e professores das instituições de ensino superior do estado.

O prêmio, cujo edital foi lançado em fevereiro, é oferecido nas categorias graduação e pós-graduação.

“Iniciativas como a formação de lideranças, a sucessão familiar e a implantação e apoio à Comissão Famasul Jovem são exemplos claros do quanto a instituição está comprometida e valoriza essa nova geração, que busca conhecimento e sabe da importância do agro para o desenvolvimento de todos os setores na sociedade. O prêmio chega para somar e quer envolver ainda mais os segmentos que contribuem direta e indiretamente com uma atividade rural mais sustentável, produtiva e rentável”, explica o gerente técnico da federação, José Pádua.

Os temas propostos para a primeira edição do Prêmio Agrociência Famasul 2020 foram divididos nas seguintes áreas: Produção Vegetal, Zootecnia, Economia, Agroecossistemas, Ambiente e Sociedade, e Inovação.

“Esta é uma oportunidade ímpar para que estudantes estejam mais próximos das atividades desenvolvidas por produtores rurais e mergulhem em pesquisas de temas relevantes ligados ao agro no estado”, acrescenta Pádua.

Detalhamento - Na categoria graduação, poderão participar alunos devidamente matriculados nos cursos de Engenharia Agronômica, Medicina Veterinária, Zootecnia, Engenharia Florestal, Engenharia Agrícola, Gestão Ambiental, Engenharia Ambiental, Administração e Economia. Na categoria pós-graduação serão admitidos trabalhos inscritos de alunos de cursos stricto sensu: mestrado, mestrado profissional, doutorado e doutorado direto nas áreas de ciências agrárias, ambientais, administração e economia.

Será premiada a melhor revisão bibliográfica de cada categoria, no valor de R$ 1 mil para o autor e R$ 1 mil ao seu orientador, para uso exclusivo em inscrição de eventos científicos. As melhores revisões bibliográficas poderão ser publicadas em boletins e informativos do Sistema Famasul e o prêmio poderá ser referenciado no Currículo Lattes - uma plataforma gerida pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPQ), reconhecida pelo padrão nacional no registro do percurso acadêmico de estudantes e pesquisadores do país.

A ficha de identificação deve ser preenchida e encaminhada por meio eletrônico no período de 1º de abril a 30 de abril de 2020, e a entrega dos trabalhos do dia 1º de maio a 15 de junho. O edital completo com todas as regras estabelecidas para o prêmio e temas para as pesquisas você confere aqui.

Veja também