29/03/2021

Sistema CNA/Senar, Embrapa Solos e Firjan lançam Soilsplay

Brasília (29/03/2021) – O Sistema CNA/Senar, a Embrapa Solos e a Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan/Senai) lançaram na noite de sexta (26) o SoilsPlay: o agro entrou no jogo, um projeto inovador que agrega o agronegócio e a indústria de jogos digitais.

A iniciativa é direcionada para startups e empresas que atuam no desenvolvimento de jogos digitais. As interessadas poderão participar de uma chamada pública para apresentar propostas de games que contemplem aspectos técnicos, capacitação e possíveis simulações de cenários, de maneira lúdica e atrativa.

Os desafios que os candidatos precisam cumprir são: sistemas integrados de produção, serviços ecossistêmicos, mercado de carbono, recuperação e conservação de solos e experiência do consumidor. A próxima etapa prevê a realização de webinars de sensibilização em relação aos temas propostos.

Na opinião do coordenador de Inovação do Sistema CNA/Senar, Matheus Ferreira, que representou o diretor-geral do Senar, Daniel Carrara, no lançamento, o projeto é uma oportunidade para o agro brasileiro difundir informações sobre sustentabilidade, mostrar o trabalho realizado pelos produtores rurais e aproximar o público jovem e urbano do campo.

“Outro ponto fundamental é a possibilidade de usarmos essa ferramenta para a educação. Já temos cursos no Senar que utilizam a realidade aumentada e virtual e isso ajuda muito o aluno a internalizar o conhecimento no seu processo produtivo. Somos entusiastas desse projeto, vamos participar ativamente de todas as etapas e estimular startups da nossa rede Agroup a enviarem propostas”, afirmou.

O SoilsPlay conta com apoio da Associação Brasileira das Empresas Desenvolvedoras de Jogos Digitais (Abragames), que promoverá o desenvolvimento dos jogos em conjunto com a Embrapa Solos e a Firjan/Senai, visando à obtenção do jogo finalizado e à articulação com o mercado e investidores.

A etapa final está prevista para junho, quando uma comissão julgadora escolherá até três propostas. As finalistas estarão automaticamente selecionadas para o edital, que prevê aporte financeiro para o desenvolvimento dos projetos.

“O objetivo é trazer inovação e novas ferramentas para que possamos transmitir e comunicar todo esse conhecimento que a gente tem de forma mais lúdica, fazer o engajamento e defender o tema da sustentabilidade da agropecuária brasileira”, disse a chefe-geral da Embrapa Solos, Petula Ponciano.

Poderão participar acadêmicos ou profissionais de diversas áreas de conhecimento, organizados em equipes de empresas ou startups. Mentores do Sistema CNA/Senar, da Embrapa Solos e da Firjan SENAI darão suporte técnico às equipes conforme previsto em edital. O período e as regras para inscrição serão divulgados após a publicação do edital.

Na opinião do diretor de Inovação do Ministério da Agricultura, Cléber Soares, é preciso promover as ferramentas conhecidas como “inovação aberta” e aprender com outros segmentos. Para ele, a “gamificação” é uma forma de entretenimento e de aprendizagem virtual e, principalmente, de atrair o público jovem para a construção do futuro do agro.

O lançamento também contou com a participação da diretora-executiva e de Inovação e Tecnologia da Embrapa, Adriana Regina Martin; do diretor-executivo do Sistema Firjan/Senai, Alexandre dos Reis; do pesquisador-chefe do Instituto Senai-RJ de Inovação em Sistemas Virtuais de Produção, Eric Romani; e do coordenador da incubadora Spcine Game e diretor de estratégia da Game Jam Plus, Pedro Zambon.

Mais informações no site do projeto.

Assessoria de Comunicação CNA
Telefone: (61) 2109-1419
flickr.com/photos/canaldoprodutor
twitter.com/SistemaCNA
facebook.com/SistemaCNA
instagram.com/SistemaCNA
facebook.com/SENARBrasil

Veja também