Senar promove treinamento virtual de técnicos de ATeG do Piauí
F13 CEDA6 8 AB1 4684 8 D09 D78 D956 CC179

Capacitação vai permitir acompanhamento de produtores em sete cadeias produtivas no estado

16 de junho 2020
Por Senar

Brasília (16/06/2020) – O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) realiza nesta semana o treinamento virtual de 70 técnicos de campo para iniciar a Assistência Técnica e Gerencial (ATeG) no Piauí. 

A capacitação teve início na segunda (15) e segue até quarta (17) com o objetivo de mostrar os detalhes do Sistema de Monitoramento da ATeG (SISATeG).  

A coordenadora da Central de Dados da Diretoria de Assistência Técnica do Senar, Júlia Carolina Barros de Deus, explica que a ferramenta de gerenciamento de dados será utilizada pelos técnicos durante as visitas à propriedade rural no período de 24 meses. 

“O Sisateg é um software para a anotação das informações da propriedade e mostra os indicadores para o produtor rural. Por isso, é de extrema importância que os técnicos dominem o sistema, registrem os dados de forma que reflita a realidade do campo”, destacou. 

Em meio à pandemia, o treinamento virtual foi uma alternativa encontrada pelo Senar para continuar as capacitações. “Nesse formato conseguimos atingir um número maior de técnicos e aplicar estudos de casos para que eles visualizem situações que poderão encontrar no campo”, complementa Júlia. 

De acordo com o coordenador de ATeG do Senar Piauí, Silvio César Brito, em um primeiro momento o acompanhamento técnico beneficiará produtores de sete cadeias produtivas: bovinocultura de corte; bovinocultura de leite; ovinocaprinocultura, apicultura, fruticultura, olericultura e piscicultura. 

“Já foram mobilizados mais de dois mil produtores rurais no estado. A expectativa é iniciar as visitas técnicas presenciais em julho, seguindo todos os protocolos de higiene e cuidados na prevenção ao coronavírus para proteger o técnico de campo e as famílias rurais”. 

O Senar produziu uma série de vídeos para explicar o funcionamento da ATeG aos produtores que começariam a receber o acompanhamento técnico, mas o calendário teve de ser readequado durante a pandemia.

Para assistir aos vídeos, acesse: 
https://www.youtube.com/playlist?list=PLpvd_yKjERaf4xHrtG0sx87tWtaFes9TS

Assessoria de Comunicação CNA