Maranhão

20/08/2019

Senar promove cursos e palestras durante a Expoaçailândia

Por: Senar-Maranhão

A Décima edição da Exposição Agropecuária de Açailândia (Expoaçailândia), reuniu diversas atividades voltadas para o produtor rural. Leilão de gado, rodeio, comercialização de animais, capacitação, comercialização de implementos e máquinas agrícolas, exposição e venda de animais de médio e grande porte, de alimentos, dentre outros.

Estande de órgãos governamentais e entidades parcerias movimentaram o Parque de Exposição Egídio Quintal Filho, com destaque para o sistema Faema/Senar, Governo do Estado (Sagrima), Aged (Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Estado) – que manteve um posto de fiscalização animal durante todo o evento, atendendo aos produtores.

A  Fundepec (Fundo de Desenvolvimento da Pecuária no Maranhão), Seinc (Secretaria de Estado, Comércio e Energia),  Sebrae e outros parceiros do setor rural, também estiveram presentes e contribuíram, de forma direta para o sucesso da exposição.

O estande do sistema Faema/Senar foi um atrativo à parte. As minioficinas de cachaça e, de beneficiamento da raiz da mandioca, deram a tônica aos sete dias da exposição. A visitação ao local foi intensa. Alguns buscavam informações acerca das ações desempenhadas pelo Senar, outros, conferiam os produtos das minioficinas.

Bem+Agro

Outro evento que atraiu grande número de pessoas, foi a palestra Bem+Agro - programa de relacionamento que traz benefícios para o produtor rural que paga a sua contribuição sindical e fortalece, diretamente o setor agropecuário. O programa é uma iniciativa da Confederação de Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), e tem o propósito de ser disseminado em todo o país, via o sistema Federação, Senar e Sindicatos.

A palestra que tratou do novo programa, foi realizada na área da Expoaçailânda,  e contou com a ministração do assessor técnico do Departamento Sindical da CNA, Ademar Fernandes que falou aos presentes da importância de participar do programa que de relacionamento entre o produtor rural e o sistema CNA/Senar, com vistas a oferecer descontos em lojas  e empresas parceiras.

“Temos atualmente várias parcerias dentro do programa em nível nacional. Em alguns estados, como o Maranhão, a equipe está trabalhando no sentido de fortalecer esse movimento. E, o programa Bem+agro foi lançado com o intuito de ser continuo, e é claro, que hoje ele não tem um lastro financeiro, mas, a primeira visão é a de estabelecer relacionamento, trazendo o produtor rural para perto”, defendeu ele, ao fim do Encontro que teve a participação efetiva dos produtores que tiraram suas dúvidas.

Veja também