Mato Grosso

23/10/2020

Senar-MT e sindicatos rurais ofertam atividades e capacitação para a Sipat e CIPATR

Por: Assessoria de Imprensa/Senar-MT Fonte: Assessoria de Imprensa/Senar-MT

Em parceria com os Sindicados Rurais, o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (Senar-MT) oferta ações para a Semana Interna de Prevenção de Acidentes do trabalho (Sipat). Além disso, também auxilia na capacitação da Comissão interna de prevenção de acidentes no trabalho rural (CIPATR), atividades essenciais para toda empresa rural. A Sipat consiste em uma semana de desenvolvimento de atividades importantes e obrigatórias, realizadas pelas Comissões Internas de Prevenção a Acidentes (Cipa) respectiva de cada empresa. O objetivo é identificar e prevenir os riscos de acidentes no trabalho. A programação da SIPAT inclui atividades como palestras com diversas temáticas, ações educativas sobre normatizações trabalhista, previdenciária, ambientais e segurança e saúde no trabalho rural. Mas há também atividades "gamificadas" com o objetivo de garantir o maior interesse do colaborador sobre o assunto. Contribuindo com a segurança no trabalho, o Senar-MT oferece o treinamento de Comissão interna de prevenção de acidentes no trabalho rural (CIPATR), que tem como missão capacitar os participantes para atuarem na identificação e prevenção de acidentes dentro da empresa rural. O curso tem carga horária de 40 horas e tem previsto em sua programação conteúdos que envolvem Normas Regulamentadoras (NRs), análise de incidentes, antecipação de riscos e medidas de controle. O Sindicato Rural de Nova Mutum é um que, em parceria com o Senar-MT, já capacitou mais uma turma para atuar dentro das CIPATRs. Segundo o mobilizador do sindicato rural, Paulo de Almeida Mendes, o treinamento é de extrema importância para as empresas rurais locais. "O curso capacita os trabalhadores visando a segurança tanto dos colaboradores como também da empresa. E isso permite a diminuição de riscos de acidentes". CIPATR - É importante lembrar que o empregador rural que mantem vinte ou mais empregados contratados por tempo indeterminado, fica obrigado a manter em funcionamento uma CIPATR seguindo as disposições da Norma Regulamentadora 31 (NR 31).

Veja também