07/10/2019

Senar desenvolve programa de saúde para adolescentes no campo

Brasília (07/10/2019) – O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) vai ampliar o leque de programas na área da saúde para atender adolescentes e jovens que vivem no campo. Na segunda (7), a entidade iniciou a primeira etapa do Programa Nacional de Saúde do Adolescente Rural, com a apresentação de um diagnóstico realizado em 11 estados.

“Esse trabalho é extremamente importante porque é o primeiro no País voltado para adolescentes rurais e um grande passo da instituição para dar a esses jovens a oportunidade de terem um futuro melhor”, afirmou a diretora de Educação Profissional e Promoção Social do Senar, Janete Lacerda. “São pessoas que um dia queremos que estejam no nosso programa CNA Jovem ou em outras frentes no meio rural.”

Rodas de conversa com os adolescentes.
Rodas de conversa com os adolescentes.

O trabalho foi realizado pelas consultoras Maria Adrião e Juny Kraiczyk em rodas de conversa com 348 adolescentes de 12 a 17 anos e 102 educadores em escolas públicas do meio rural de 14 municípios no Acre, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pernambuco, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Tocantins.

As consultoras apresentaram os dados coletados que apontaram pobreza, conservadorismo, distanciamento geracional (responsáveis), trabalho, dificuldades de acesso à saúde, fragilidade das escolas rurais e falta de acesso às políticas inclusivas como pontos de vulnerabilidade que impactam no desenvolvimento dos adolescentes.

Consultora Maria Adrião apresenta resultados do diagnóstico nos estados.
Consultora Maria Adrião apresenta resultados do diagnóstico nos estados.

“Conversamos com eles e coletamos percepções, vivências, conhecimentos e dúvidas sobre temas relacionados à saúde sexual e reprodutiva, álcool e drogas, saúde mental e violências”, elencou Maria Adrião. “Foi muito importante para eles terem esse espaço para falarem e para serem ouvidos sobre seus problemas.”

Com os dados coletados, o Senar vai construir um guia educativo para preparar educadores que atuam com esse público. O documento terá nove fascículos com metodologias ativas e participativas por meio de textos, dinâmicas, materiais de consulta e sugestões para o desenvolvimento de atividades com os adolescentes.

"A diversidade que encontramos no campo através desse diagnóstico vai nos fazer pensar em caminhos para implementar esse programa. Existe uma lacuna na política pública que não chega até esse adolescente e o Senar vai ser um exemplo para outras instituições com essa iniciativa inédita no País", afirmou a assessora técnica da Coordenação de Formação Inicial e Continuidade e Promoção Social do Senar, Magali Eleutério.

O Senar vai desenvolver ano que vem o piloto do Programa Nacional de Saúde do Adolescente Rural nos 11 estados onde foi feito o diagnóstico participativo. A intenção é expandir o programa posteriormente por meio da adesão das escolas rurais que tiverem interesse na iniciativa.

Assessoria de Comunicação CNA
Fotos: Wenderson Araújo
Telefone: (61) 2109-1419
flickr.com/photos/canaldoprodutor
cnabrasil.org.br
twitter.com/SistemaCNA
facebook.com/SistemaCNA
instagram.com/SistemaCNA
facebook.com/SENARBrasil

Veja também