24/06/2021

Senar debate ações do projeto FIP Paisagens Rurais em MS

Projeto atende as cadeias da pecuária de corte e de leite.

Brasília (24/06/2021) – O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) participou, na quinta (24), da oficina do projeto FIP Paisagens Rurais para apresentar os objetivos e resultados esperados com a implementação do projeto em Mato Grosso do Sul.

O debate foi promovido pela Agência de Cooperação Técnica Alemã (GIZ) e Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), por meio do Serviço Florestal Brasileiro (SFB), e reuniu entidades parcerias do projeto no estado.

O Paisagens Rurais abrange 14 municípios dentro da bacia prioritária do Mato Grosso do Sul e a meta do Senar é atender 600 propriedades rurais na região até setembro de 2021, explicou Fabiano Pessatti, gestor do projeto no Senar em Mato Grosso do Sul.

“Até o momento já realizamos 736 visitas e atendemos 168 propriedades com assistência técnica e gerencial na cadeia da bovinocultura de corte. Os resultados esperados são aumento de produtividade, geração de renda, além de melhorias na cobertura vegetal da paisagem e no monitoramento das áreas de cerrado”.

Para Rafael Costa, assessor técnico da Diretoria de Assistência Técnica e Gerencial do Senar, a entidade tem conseguido executar o projeto no estado focando nos resultados.

"Apesar dos gargalos e desafios encontrados, as propriedades atendidas no estado, devido ao perfil fundiário e ao engajamento dos produtores da pecuária de corte, vão contribuir para os resultados globais do Paisagens Rurais”, disse. “Contamos com os parceiros estaduais para trazer mais produtores para o projeto”, ressaltou.

O secretário de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar de Mato Grosso do Sul (Semagro), Jaime Verruc, destacou a importância do projeto, que segundo ele, "está alinhado à estratégia de desenvolvimento sustentável do estado".

"É um grande desafio construir esse desenvolvimento sustentável junto com os produtores, por isso é importante o engajamento de todos os parceiros para atingirmos as metas, tratando de forma adequada o uso de solo e fazendo a recuperação ecológica de algumas regiões.”

A coordenadora-geral de Apoio aos Estados da Diretoria de Regularização Ambiental do SFB, Jaine Cubas, afirmou que o projeto é estratégico para a entidade porque trará subsídios para a regularização ambiental e para “melhorar a paisagem dentro de um ecossistema de pastagem e recuperação produtiva”.

Segundo Sidney Medeiros, auditor fiscal do Ministério da Agricultura, o Paisagens Rurais é um projeto inovador que vai proporcionar melhoria de renda para o produtor e contribuir para que ele se adapte às mudanças climáticas e faça as adequações ambientais necessárias na propriedade rural.

O FIP Paisagens Rurais vai beneficiar quatro mil produtores rurais com ações de ATeG e mais 5,2 mil pessoas por meio de capacitação, estimulando a adoção de práticas agropecuárias de baixa emissão de carbono em 100 mil hectares e de conservação e recuperação em sete mil hectares de área.

A oficina desta quinta-feira completou a rodada de encontros virtuais com as entidades parceiras do projeto nos estados da Bahia, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais e Tocantins.

FIP Paisagens Rurais - O Projeto Gestão Integrada da Paisagem no Bioma Cerrado (FIP Paisagens Rurais) é financiado com recursos do Programa de Investimento Florestal, através do Banco Mundial. A coordenação é do Serviço Florestal Brasileiro (SFB) e da Secretaria de Inovação, Desenvolvimento Rural e Irrigação, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), com parceria da Agência de Cooperação Técnica Alemã (GIZ), do Senar e do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTI), por meio do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) e da Embrapa.

Assessoria de Comunicação CNA
Telefone: (61) 2109-1419
flickr.com/photos/canaldoprodutor
cnabrasil.org.br
twitter.com/SistemaCNA
facebook.com/SistemaCNA
instagram.com/SistemaCNA
facebook.com/SENARBrasil
youtube.com/agrofortebrasilforte

Veja também