Acre

20/09/2021

Quarta reunião do PAT 2022 reúne participantes de cinco municípios em Cruzeiro do Sul

Por: Astorige Carneiro (ASCOM/SENAR - AC)

Encerrando as atividades da semana e cumprindo a agenda de missões no interior do Estado, a equipe do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR – AC) realizou na última quinta-feira (16), na sede do Sindicato Rural do município de Cruzeiro do Sul, a quarta reunião referente ao Plano Anual de Trabalho (PAT) 2022.

pat22czs1
Representantes de cinco municípios compareceram ao encontro. Foto: ASCOM/SENAR - AC

Ao longo da última semana, foram realizados encontros nos municípios de Sena Madureira (reunião para Sena, Manoel Urbano e Santa Rosa do Purus) e Tarauacá (reunião para Tarauacá e Feijó). Em Cruzeiro do Sul, o PAT 2022 englobou o debate das ações do SENAR nos municípios de Cruzeiro, Mâncio Lima, Marechal Thaumaturgo, Porto Walter e Rodrigues Alves.

pat22czs2
As reuniões servem para a construção coletiva do quadro de ofertas do SENAR - AC no próximo ano. Foto: ASCOM/SENAR - AC

O principal objetivo das reuniões é reunir lideranças locais, parceiros institucionais e protagonistas rurais para definir conjuntamente quais ações do SENAR serão positivamente mais impactantes nas respectivas comunidades no próximo ano, aliando a necessidade dos municípios ao quadro de ofertas da instituição.

pat22czs4
A reunião também reforça a parceria institucional nos municípios. Foto: ASCOM/SENAR - AC

Durante as apresentações, comandadas pela gerente técnica do SENAR – AC, Ilcilene Malini, com apoio dos colaboradores Andreia Regina (gerente administrativa) e Thiago Rodrigues (controle interno), foi reforçada a missão institucional do SENAR: trazer o conhecimento para as comunidades rurais, aperfeiçoando a qualidade da produção e, consequentemente, aumentando a renda das famílias rurais e o alcance das cadeias produtivas acreanas.

pat22czs5
Elenildo de Souza Nascimento, secretário de agricultura de Cruzeiro do Sul. Foto: ASCOM/SENAR - AC

“O trabalho do SENAR é de fundamental importância para incentivar os produtores rurais e as secretarias municipais. Qualidade e higiene das produções são questões levadas a sério, e também a diversificação das ofertas além da famosa e tradicional farinha. Duas cabeças pensam melhor do que uma, e quando unimos os pensamentos, podemos construir um projeto bem melhor para beneficiar o povo rural.” – Elenildo de Souza Nascimento, secretário de agricultura de Cruzeiro do Sul

pat22czs6
Ilcilene Malini, gerente técnica do SENAR – AC. Foto: ASCOM/SENAR - AC

“Através do PAT, nós diagnosticamos os indicadores de cada município, além de fazer contato com todos os envolvidos no processo de crescimento da atividade rural. Isso faz com que a elaboração desse plano seja coletiva: o SENAR absorve as sugestões e analisa o que é pedido pelas instituições, sindicatos e produtores, e dentro dessas necessidades, busca soluções para garantir estas ofertas, que vão da Formação Profissional Rural (FPR) e Promoção Social (PS) até a Assistência Técnica e Gerencial (ATeG).” – Ilcilene Malini, gerente técnica do SENAR – AC

pat22czs7
Osmarino de Souza, representante da secretaria de cultura de Rodrigues Alves. Foto: ASCOM/SENAR - AC

 “Precisamos trazer mais conhecimento para o nosso povo da zona rural. Atualmente, o carro-chefe é a farinha, e nós queremos mudar fortalecendo o plantio de outras cadeias, como café, hortaliças e banana. O SENAR é imprescindível para essa mudança na cultura do município, principalmente na oferta da ATeG para os produtores de baixa renda.” - Osmarino de Souza, representante da secretaria de cultura de Rodrigues Alves

pat22czs8
Ézio Pereira do Nascimento Jr., secretário de produção de Mâncio Lima. Foto: ASCOM/SENAR - AC

“Acreditamos que a capacitação do produtor é fundamental no desenvolvimento das comunidades rurias, e o SENAR é o parceiro certo para isso. O município de Mâncio Lima já é parceiro do SENAR há cinco anos, e ele é que pode garantir a chegada de instrução aos homens e mulheres rurais. Em diversas ações já trabalhamos juntos, como na Feira do Peixe e no Festival do Coco, e atualmente focamos na diversidade de produtos, que incluem a mandioca, café clonal, piscicultura, e pecuária de corte e leite.” – Ézio Pereira do Nascimento Jr., secretário de produção de Mâncio Lima

Veja também