Bahia

30/08/2021

Programa Agro Fraterno leva cestas básicas a nove cidades do extremo sul baiano

Fonte: Ascom Sistema Faeb/Senar

Já na reta final da campanha, que começou em maio, o Programa Agro Fraterno, de arrecadação e distribuição de alimentos às famílias em vulnerabilidade social, chegou ao Extremo sul da Bahia. A região foi contemplada com 2.700 cestas, para atender famílias carentes de nove municípios: Eunápolis, Canavieiras, Belmonte, Camacã, Porto Seguro, Guaratinga, Itabela, Santa Luzia e Itapebi. Cada cidade recebeu 300 cestas, contendo itens essenciais para garantir a nutrição dos beneficiados.


Os donativos foram entregues pelo presidente do Sistema Faeb/Senar, Humberto Miranda, aos presidentes dos Sindicatos dos Produtores Rurais, entidades responsáveis pela distribuição nas localidades contempladas.  “A unidade sindical de Eunápolis foi o ponto de apoio e logística para o repasse das cestas às cidades vizinhas. Eu quero aproveitar para agradecer a todos os envolvidos na organização, na doação e na distribuição. A mobilização foi grande para concretizar esse programa belíssimo que o produtor rural encabeçou para ajudar o próximo. O Agro Fraterno reafirma o que nós, agropecuaristas, sabemos fazer de melhor: garantir a segurança alimentar da população”, pontuou Miranda.


O diretor executivo do Sindicato Rural de Eunápolis, Renato Prado, destacou que todas as famílias beneficiadas são do meio rural, identificadas a partir de levantamentos feitos pelas secretarias de Assistência Social dos municípios. “O órgão já tem o cadastro das famílias mais necessitadas e nos auxiliou nesse momento”, explicou.


Victor Luciano Souza, presidente do Sindicato de Canavieiras, ressaltou que a ajuda é fundamental para combater a desigualdade, agravada ainda mais com a pandemia da Covid-19. “O Agro Fraterno vem em um momento crucial para proporcionar uma condição melhor aos mais necessitados. A campanha representa, além da solidariedade do produtor, a riqueza que vem do campo”, disse. Em seu município, serão contempladas famílias de comunidades ribeirinhas e de difícil acesso.


O Agro Fraterno é uma iniciativa da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) em parceria com a Federação da Agricultura e Pecuária da Bahia (Faeb), o Senar e os Sindicatos dos Produtores Rurais da Bahia. São mais de 400 toneladas de alimentos que vão ajudar mais de 27 mil famílias da zona rural da Bahia já cadastradas em seus municípios.

Veja também