Acre

13/10/2021

Produtores rurais de Porto Acre são beneficiados com inauguração de agroindústria

Por: Astorige Carneiro (ASCOM/SENAR-AC)

O estado do Acre ganha mais um reforço para a qualidade de trabalho dos produtores rurais. Foi inaugurada na região do Caquetá (zona rural do município de Porto Acre), a Agroindústria de Derivados da Mandioca, onde serão beneficiados produtores rurais e suas famílias graças à cadeia produtiva da mandiocultura.

inaugmand1
Inauguração firmou parceria institucional para benefício dos produtores rurais e suas famílias. Foto: ASCOM/SENAR - AC

 O projeto foi executado pela Secretaria de Estado de Indústria, Ciência e Tecnologia (Seict) em parceria com a Cooperativa de Produtores e Extrativistas de Agricultura Familiar Sonho Meu, no âmbito do Programa de Saneamento Ambiental do Acre (Proser). Para construção do espaço e aquisição dos equipamentos, inaugurado em 30 de setembro, foram recebidos investimentos no valor total de R$ 700 mil.

inaugmand9
Produtores, familiares e autoridades marcaram presença durante o evento. Foto: ASCOM/SENAR - AC

A parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR – Acre) vem na área da Assistência Técnica e Gerencial (ATeG), ofertada para 123 produtores rurais da mandiocultura, sendo 50 destes em Porto Acre. Além da ATeG, também são ofertados treinamentos para os produtores da região, que possibilita o desenvolvimento de habilidades profissionais, bem como o aperfeiçoamento de atividades desenvolvidas na cadeia produtiva de mandioca. Assim, há o aumento considerável na qualidade e na quantidade das produções, garantindo aumento na renda e, consequentemente, aumento na qualidade de vida.

inaugmand2
Projeto ainda terá expansão nos próximos anos, conforme mostrou projeção em maquete. Foto: ASCOM/SENAR - AC

"Estamos felizes em poder firmar esta parceria com o governo do Acre, no que vai ser, com toda certeza, um movimento de transformação para as comunidades rurais nesta região. Com o apoio da ATeG a das ações de Formação Profissional Rural, há o aumento da matéria-prima para a agroindústria, garantindo o incentivo à qualidade da cadeia produtiva de mandiocultura”, destacou Ilcilene Malini, gerente técnica do SENAR – AC.

inaugmand7
Elisabeth dos Santos da Silva, presidente da Cooperativa Sonho Meu. Foto: ASCOM/SENAR - AC

Para Elisabeth dos Santos da Silva, presidente da cooperativa, o momento é sobre a realização de um antigo sonho. Produtora de mandioca e citrus em um assentamento no município de Porto Acre (AC), ela já fez diversos cursos do Senar voltados para a gestão da propriedade como o Negócio Certo Rural e, atualmente, recebe a Assistência Técnica e Gerencial.

inaugmand8
Gladson Cameli, governador do estado do Acre. Foto: ASCOM/SENAR - AC

“O que estamos vendo hoje é apenas o veículo que muitos aqui precisam para ter mais renda. Juntamos parceiros que acreditaram nos nossos sonhos e agora temos nossa própria agroindústria. Agradeço muito ao governo do estado do Acre pelo projeto, e pela parceria de longa data do SENAR, que oferta sua assistência técnica a custo zero para que seja injetada a matéria-prima no funcionamento da agroindústria”, explicou Elisabeth.

inaugmand3
Mais de R$ 600 mil foram investidos na execução do projeto voltado para a cadeia produtiva da mandiocultura. Foto: ASCOM/SENAR - AC

Além de moradores da comunidade, produtores rurais que irão trabalhar no espaço, e representantes do SENAR – AC, compareceu à inauguração o governador do Acre, Gladson Cameli: “Nossos produtores têm a vontade de trabalhar, mas para isso, precisam de apoio em diversas frentes. O que mais me pedem nas comunidades rurais não é dinheiro nem nada do tipo, é oportunidade de trabalho, de crescer cada vez mais e garantir um futuro digno para suas famílias. Porto Acre agora ganha mais um apoio nesse sentido.”

Veja também