Espírito Santo

24/11/2020

Produtores da ATeG estão na final do Prêmio Cafés Especiais do Espírito Santo

Por: Comunicação SENAR-ES

Produtores rurais atendidos pela Assistência Técnica e Gerencial (ATeG) do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural do Espírito Santo (Senar-ES) estão entre os 20 finalistas do Prêmio Cafés Especiais do Espírito Santo. São eles: Luciano Destefani, Luismar Antonio Nandorf, Luiz Claudio Souza, Ormindo Francisco Nandorf, Sergio Antônio Cerchi e Vitor Horst, produtores de café conilon.

Foram enviadas mais de 200 amostras de conilon e a premiação tem como objetivo reconhecer os cafés especiais produzidos de forma sustentável no Espírito Santo. Os degustadores analisaram aspectos como aroma, sabor, doçura, acidez, equilíbrio, sabor residual, entre outros. Os cafeicultores participantes concorrem a uma premiação que chega a R$ 100 mil.

“É uma satisfação para nós sabermos que os cafeicultores da ATeG estão chegando à final de premiações estaduais e nacionais. O investimento em cafés especiais pode ser uma forma interessante de agregação de valor para o produtor rural, especialmente no conilon. O mercado dessa variedade está em crescimento e pode ser uma boa opção para aumentar a lucratividade das propriedades rurais”, explica a supervisora geral da ATeG do Senar-ES, Cristiane Veronesi.

O produtor Luciano Destefani começou a investir mais intensamente na melhoria da qualidade do café há 2 anos e chegou à final da premiação.

“Foi uma coisa que eu não esperava. Eu vim trabalhando para isso, mas ao mesmo tempo que tinha esperança, eu pensava que tinha mais de 200 amostras concorrendo, de produtores que já trabalham há cinco, dez anos com café de qualidade. Através da ATeG do Senar-ES adquiri mais conhecimento e consegui conduzir melhor os trabalhos dentro da propriedade, especialmente na área da gestão”, revelou.

O produtor Vitor Horst também é um dos finalistas do prêmio ao lado de seu pai Emilio Horst. “Estar entre os 20 finalistas já é uma grande conquista para nós, porque trabalhamos para sermos notados. Está sendo muito valiosa a Assistência Técnica e Gerencial do Senar-ES na propriedade, pois nos fez aprender mais e aprimorar o trabalho que já fazemos”, disse Horst.

O Prêmio é uma realização do Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper) junto à Secretaria da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (Seag). A entrega da premiação final será agendada para dezembro de 2020.

Para participar da ATeG do Senar-ES, os produtores rurais devem procurar o Sindicato Rural do seu município ou telefonar para: (27) 3185-9218.

Veja também