10/10/2019

Produtores artesanais e chefes de cozinha participam de Vitrine de Negócios

Brasília (10/10/2019) – Produtores de alimentos e chefes de cozinha de hamburguerias participaram na quarta (9) da “Vitrine de Negócios”, promovida pelo Sistema CNA/Senar, durante o 4º Congresso Nacional de Mulheres do Agronegócio, em São Paulo.

A Vitrine foi uma iniciativa do Programa de Alimentos Artesanais e Tradicionais da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil e do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural com o objetivo de gerar negócios para os participantes.

“A ideia foi conectar esses produtores com os chefes de cozinha, responsáveis por levar o produto até o consumidor final. Muitos têm interesse em compartilhar a informação de como o alimento é produzido e isso gera valor para os produtores”, afirmou a superintendente técnica-adjunta da CNA, Natália Fernandes.

Segundo ela, a vitrine também foi uma oportunidade dos produtores de alimentos artesanais e tradicionais estarem preparados para a negociação com potenciais compradores.

Para a produtora de derivados da mandioca e geleias da marca “Manioca”, Joanna Martins, do Pará, a conexão com o mercado é importante para ampliar a comercialização dos produtos. “O contato com os chefes de cozinha é muito bom porque eles são os divulgadores do nosso trabalho”.

A assessora técnica da Comissão Nacional de Empreendedores Familiares Rurais da CNA, Marina Zimmermann, afirmou que a expectativa do evento foi alcançada. “Conseguimos reunir produtos diferenciados de diversas regiões do Brasil e mostrar que o produtor rural está produzindo com qualidade”.

A Vitrine de Negócios contou com queijos artesanais, farinhas, feijões, geleias, hortaliças, produtos de charcutaria e molhos, como tucupi e mostarda.

O diretor comercial da Mallmann Hortigranjeiros, Marcelo Ferreira, de São Paulo, participou da vitrine e destacou que a iniciativa do Sistema CNA/Senar foi uma forma de humanizar o processo de negociação com o comprador.

“A rede de fast-food é crescente no país. Hoje a maioria dos produtores pensa em vender direto para o varejo para tentar chegar ao consumidor final. Mas o fast-food é um caminho muito interessante que precisa ser explorado e acho que a CNA está ajudando com isso”.

“Foi muito interessante porque são alimentos de produtores pequenos e que tem tudo a ver com que a gente faz hoje. Trabalho com hambúrguer artesanal e conheci muita coisa nova que nem imaginava”, disse o chefe de cozinha da Stunt Burger em São Paulo, Donato Galvez.

Assessoria de Comunicação CNA
Telefone: (61) 2109-1419
Fotos: André Martins
flickr.com/photos/canaldoprodutor
twitter.com/SistemaCNA
facebook.com/SistemaCNA
instagram.com/SistemaCNA
facebook.com/SENARBrasil

Áreas de atuação

Empreendedores Familiares Rurais

Veja também