08/07/2021

Produtor de chocolate premiado busca Agro.BR para conquistar mercados

Brasília (08/07/2021) – Qualidade, capacitação e prêmios. Os produtores do Sul da Bahia, e de outras partes do país, se destacam na fabricação de chocolates gourmet e na busca por iniciativas para ganhar mercados no Brasil e no exterior.

Entre esses produtores estão Marco e Luana Lessa. Eles são os criadores da marca ChOr, que recentemente ganhou o Prêmio Gourmet Bronze AVPA 2021, da Agência de Valorização dos Produtos Agrícolas (AVPA) em Paris, na França. O produto premiado foi o Bahia Terra da Felicidade, chocolate intenso ao leite com 55% de cacau. “Esse prêmio não é nosso, é do Brasil”, diz Marco.

Além da premiação no concurso francês, a ChOr ficou entre os dez melhores tabletes de chocolate escolhidos pela revista Prazeres da Mesa.

A marca foi criada em 2013, em Ilhéus. Segundo Marco, sua relação com o cacau e o chocolate começou quando se mudou para o Sul baiano, no início dos anos 90, e se intensificou ao criar o Festival Internacional do Chocolate e Cacau, hoje considerado o maior evento do gênero no Brasil e na América Latina.

“Minha esposa, neta de cacauicultores, passou a infância em fazendas produtoras da fruta e com toda aptidão para o marketing e para gastronomia desenvolveu comigo essa marca”, explicou Lessa.

Em busca de ampliar a participação no mercado brasileiro e alcançar o mercado internacional, Marco e Luana inscreveram a empresa ChOr no Projeto Agro.BR, em agosto de 2020. “A parceria e o aprendizado com o Agro.BR tem sido estimulante e refletido claramente na qualidade do nosso chocolate e na participação de mercado”, disse Marco.

O Agro.BR é uma iniciativa da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), em parceria com a Apex-Brasil, e busca aumentar o número de produtores rurais no comércio exterior e diversificar a pauta de produtos exportados pelo Brasil.

Para a coordenadora de Promoção Comercial da CNA, Camila Sande, é questão de tempo até os chocolates da ChOr iniciarem a jornada rumo às prateleiras internacionais.

“Nós sabemos o quanto o Brasil produz delícias e os nossos chocolates são a prova disso. O Agro.BR trabalha para o empresário rural desde o início, até que ele caminhe para a exportação. E a ChOr tem qualidade, sabor e reconhecimento, itens tão necessários para competir internacionalmente. Em breve conquistará o gosto de consumidores mundo afora”, disse.

De acordo com o consultor do projeto na Bahia, Roberto Vianna, a empresa aderiu ao portfólio virtual do projeto, participou das capacitações sobre exportação e do Encontro de Negócios Virtual Cacau e Chocolate 2020, realizado pela Apex-Brasil com o apoio da CNA e da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado da Bahia (Faeb).

“O Agro.BR, com todas as suas ferramentas, impulsiona e possibilita a abertura de mercado para o empresário desenvolver a cultura exportadora, obter competividade e ter acesso a mercados estratégicos”, disse Roberto.

Segundo Vianna, os produtores da região Sul da Bahia têm se destacado no projeto Agro.BR. “O nosso objetivo é ajudar a dar visibilidade às empresas para a geração de negócios. Nós proporcionamos a aproximação comercial”.

“Nós temos consciência de que a partir de agora, com esse prêmio na França e com a parceria da CNA e de outros projetos, vamos aumentar nossa perspectiva de crescer cada vez mais”, destacou Marco Lessa.

Outros produtos - Produtores de cacau, de café e de guaraná realizaram as primeiras exportações diretas graças ao Agro.Br. Clique aqui para saber mais.

Assessoria de Comunicação CNA
Telefone: (61) 2109-1419
flickr.com/photos/canaldoprodutor
twitter.com/SistemaCNA
facebook.com/SistemaCNA
instagram.com/SistemaCNA
facebook.com/SENARBrasil
youtube.com/agrofortebrasilforte

Veja também