Acre

24/12/2020

Parceria institucional promove capacitação para técnicos da ATeG no Acre

Por: Astorige Carneiro (ASCOM)

O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar - Acre), visando aprimorar o atendimento da Assistência Técnica e Gerencial (ATeG) no Estado, realizou durante os dias 17 e 18 de dezembro, em Rio Branco, uma capacitação com foco no manejo de pastagens em parceria com a Embrapa.

Objetivo da capacitação foi aprimorar os conhecimentos dos técnicos de campo. Foto: Reprodução

Participaram da ação seis técnicos de campo e um supervisor da ATeG, além do Dr. Carlos Maurício Soares de Andrade, que ministrou a capacitação aos participantes. O principal objetivo foi aprimorar os conhecimentos dentro da área de pastagens, atualizando os técnicos para aplicação de novos recursos aos atendimentos dos produtores rurais das cadeias produtivas de leite e pecuária de corte.

"Entramos em contato com nossos parceiros da Embrapa, que prontamente se disponibilizaram para nos ajudar. A assistência técnica vem evoluindo no Acre, e queremos que este continue sendo o caminho para beneficiar cada vez mais os produtores rurais acreanos", destacou Ilcilene Malini, gerente técnica do Senar - AC.

Para a coordenadora da ATeG, Stefanye Torres, a adequação tecnológica é um ponto fundamental, e o aprimoramento constante beneficia a todos os envolvidos: "A área de pastagem é um do principais desafios na pecuária do Estado, e esperamos que esta parceria integre novas ideias aos nossos técnicos para beneficiar as propriedades rurais atendidas."

A oferta da ATeG, que teve início no Acre em 2018, atualmente beneficia 397 propriedades rurais em mais de 10 municípios acreanos, sendo 58 propriedades rurais da cadeia produtiva de pecuária de corte, e 65 propriedades ligadas à produção leiteira. Para 2021, a expectativa é de que esse atendimento alcance mais de 600 produtores no Acre.

"Durante as visitas, sentimos as dificuldades das famílias que tiram seu sustento da produção rural. Muitas vezes têm condições de crescer, mas falta o guia certo, e por meio do nosso aperfeiçoamento profissional, podemos criar novas oportunidades para o aumento da produtividade qualitativa das cadeias produtivas", afirmou o técnico de campo Aliedson Sampaio Ferreira.

Veja também