Rio Grande do Sul

25/05/2020

Painel do projeto Campo Futuro por videoconferência é realizado em Carazinho

Fonte: Imprensa Sistema Farsul

As restrições adotadas no combate ao Covid-19 desafiavam a continuidade do levantamento de informações do projeto Campo Futuro. Realizado sempre de forma presencial, técnicos da Farsul, CNA e Esalq-Cepea percorrem praças estratégicas na coleta de informações para fazer um levantamento do custo de produção agropecuária no país. Com as medidas de distanciamento social, os pesquisadores adotaram a formato de videoconferência. O piloto nacional aconteceu nesta quinta-feira, dia 21, com produtores de Carazinho.

Essa foi a solução encontrada para garantir a manutenção do trabalho que está em sua 12ª edição. O Sindicato Rural de Carazinho ficou responsável pela estrutura local, enquanto os técnicos participaram de suas cidades (Porto Alegre, Brasília e Piracicaba). A presença no auditório do sindicato foi restrita, garantindo o distanciamento mínimo recomendado pelas autoridades sanitárias. Portando máscaras, esses participantes presenciais, tiveram álcool em gel disponibilizado. Até mesmo os microfones foram individuais, evitando o compartilhamento de objetos. A avaliação dos resultados foi positiva pelos participantes. Nos próximos dias novas datas e praças deverão ser divulgadas para novos painéis nesse formato.

Confira como foi

Veja também