18/10/2019

Em missão técnica à China, CNA visita porto de Xangai

Brasília (18/10/2019) – A coordenadora de Relações Internacionais da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), Camila Sande, participa até 25 de outubro da missão técnica do Instituto de Relações Governamentais (Irelgov) à China para troca de experiências com representantes do país asiático em Xangai e Pequim.

Na quinta (17), o grupo visitou a Academia de Ciências Sociais de Xangai e conheceu o sistema político e econômico chinês. À tarde, a comitiva participou de reunião na prefeitura da cidade chinesa.

Na sexta (18), a missão foi ao Porto de Xangai, o maior terminal em movimentação de cargas do mundo, construído em uma ilha chamada Yangshan. Para se chegar ao local, é necessário trafegar uma ponte de 32 quilômetros.

“Hoje o porto tem capacidade de transporte de 18 milhões de contêineres por ano. Quando a quarta e última fase for concluída, a capacidade vai aumentar para 40 milhões. É uma estrutura impressionante que mostra toda a eficiência chinesa”, afirmou Sande.

De acordo com a representante da CNA, o Brasil terá oportunidades em termos de logística e infraestrutura com a capacidade operacional do porto. “Vale ressaltar que o porto não tem terminal graneleiro, mas estamos falando de produtos de maior valor agregado, o que condiz totalmente com as expectativas do nosso projeto de internacionalização do agro”.

A comitiva também visitou a bolsa de valores da cidade e participou de reunião no escritório do estado de São Paulo na China. A programação da missão técnica continua no sábado (19), na capital chinesa Pequim.

Assessoria de Comunicação CNA
Telefone: (61) 2109-1419
flickr.com/photos/canaldoprodutor
twitter.com/SistemaCNA
facebook.com/SistemaCNA
instagram.com/SistemaCNA
facebook.com/SENARBrasil

Áreas de atuação

Relações Internacionais

Veja também