Logo CNA

CNA participa do lançamento do Pro Carbono Commodities
Arioli Pro Carbono2

Programa foi lançado na quinta (25) em Matupá (MT)

26 de maio 2023
Por CNA

Brasília (26/05/2023) – A Comissão Nacional de Cereais, Fibras e Oleaginosas da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) participou, na quinta (25), do lançamento do projeto do Pro Carbono Commodities, na cidade de Matupá, no Mato Grosso.

O objetivo do projeto é aumentar a produtividade agrícola e promover a captura de carbono no solo por meio da implementação de práticas regenerativas. O Pro Carbono Commodities é um projeto capitaneado pela Bayer e teve início em 2021.

A primeira remessa do projeto tem cerca de 240 mil toneladas de soja, produzidas em Mato Grosso na safra 2022/2023, com pegada de carbono mensurada. A soja está começando a ser comercializada tanto no mercado nacional quanto internacional.

“Esse é um bom momento para um alinhamento entre as diversas entidades para expandir os programas de redução de carbono e fomento do pagamento por serviços ambientais”, disse o presidente da Comissão Nacional de Cereais, Fibras e Oleaginosas da CNA, Ricardo Arioli.

Ricardo Arioli, durante o lançamento do projeto do Pro Carbono Commodities Ricardo Arioli, durante o lançamento do projeto do Pro Carbono Commodities

Segundo ele, a assistência técnica e gerencial será fundamental para a implementação do programa e difusão das práticas regenerativas.

Durante o lançamento, foi explicado que, se todos os dados disponíveis forem considerados, incluindo as informações específicas dos melhores talhões das fazendas participantes, pode resultar em uma redução de 74% na pegada de carbono mensurada nessas fazendas.

A avaliação foi realizada utilizando a ferramenta Pro Carbono Footprint, desenvolvida em colaboração com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), e baseada em uma metodologia reconhecida internacionalmente, conhecida como Análise do Ciclo de Vida (ACV).

Assessoria de Comunicação CNA
Telefone: (61) 2109-1419
flickr.com/photos/canaldoprodutor
twitter.com/SistemaCNA
facebook.com/SistemaCNA
instagram.com/SistemaCNA
facebook.com/SENARBrasil
youtube.com/agrofortebrasilforte

Matérias Relacionadas