28/07/2020

CNA debate potencial de investimentos verdes para o agro brasileiro

Brasília (28/07/2020) – A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) participou, na terça (28), do webinar “Destravando o Potencial de Investimentos Verdes para a Agricultura no Brasil”, promovido pela Climate Bonds Initiative (CBI).

O evento online foi moderado pela coordenadora do Programa de Agricultura da CBI, Leisa Souza, e contou com a participação da assessora técnica da Comissão Nacional de Política Agrícola da CNA, Fernanda Schwantes, produtores rurais, representantes do governo e securitizadoras de crédito.

Os títulos verdes (green bonds) são instrumentos de dívida emitidos por entidades financeiras ou não, privadas ou públicas, em que os recursos captados são usados para financiar projetos e ativos sustentáveis.

O Brasil foi identificado pela CBI como um dos mercados com maior potencial de crescimento dos títulos verdes no setor agropecuário. Em apoio ao desenvolvimento desse mercado, o Subcomitê de Agricultura da Iniciativa de Finanças Verdes elaborou o Plano de Investimentos, que foi apresentado durante o webinar.

Em sua fala, Schwantes afirmou que existe espaço para diversificação das fontes de crédito para o agro e os títulos verdes se apresentam como uma forma de potencializar a captação de recursos no mercado, principalmente com investidores internacionais e institucionais. “Os produtores rurais brasileiros adotam muitas práticas sustentáveis, mas que ainda não se transformaram em benefício financeiro direto”.

A assessora destacou algumas dessas práticas que podem interessar os investidores estrangeiros, como recuperação de pastagens degradadas, integração Lavoura-Pecuária-Floresta, tratamento de dejetos animais e produção de bioenergia e bioinsumos.

“O produtor, mais do que ninguém, sabe que essas práticas sustentáveis trazem diversos benefícios. A CNA defende que esses instrumentos verdes alcancem, além dos grandes, pequenos e médios produtores, por meio de cooperativas de produção e revendedoras de insumos, que estão mais próximas desses agricultores”, disse Fernanda.

Para o secretário adjunto de Política Agrícola do Ministério da Agricultura (Mapa), José Angelo Mazzillo, o agro brasileiro é uma opção vantajosa de investimento sustentável. “Aqui no Brasil, o produtor colhe até três safras anuais em uma mesma área e preserva de 20% a 80% de área de reserva legal em sua propriedade. Acreditamos que as finanças verdes são uma excelente alternativa de captação de recursos para o setor”.

Durante o encontro, o CEO da Ecoagro Securitizadora, Milton Menten, falou sobre os Certificados de Recebíveis do Agronegócio (CRA), que são títulos de crédito nominativo, de livre negociação, representativo de promessa de pagamento em dinheiro. “O CRA verde ganhou um forte impulso nos últimos anos e vem crescendo em um ritmo acelerado. Tenho certeza de que todas as práticas ambientais aplicadas no agro trazem menor risco para os investidores em longo prazo”.

O representante da Iniciativa Brasileira de Finanças Verdes, André Gustavo Salcedo, fez uma apresentação sobre o plano “Destravando o Potencial de Investimentos Verdes para a Agricultura no Brasil”.

“O Brasil é uma máquina agrícola de oportunidades. Possui produtividade crescente, políticas e legislação com foco na preservação do meio ambiente, instrumentos de financiamento públicos e privados, que podem fomentar expansão sustentável, tecnologia e assistência técnica disponíveis”.

No encontro online, o CFO da SLC Agrícola, Ivo Brum, e o diretor presidente do Grupo Roncador, Pelerson Penido, falaram das experiências e práticas sustentáveis desenvolvidas por ambas as empresas.

Os participantes também debateram sobre a Lei 13.986/2020, que estabelece novos mecanismos para estimular o financiamento do agro, via mercado de capitais, principalmente para atração de investimento estrangeiro. A lei é a conversão da Medida Provisória 897/2019, conhecida como MP do Agro, e é fruto do trabalho da CNA e da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), a partir das propostas para o Plano Agrícola e Pecuário 2019/2020.

Assessoria de Comunicação CNA
Telefone: (61) 2109-1419
flickr.com/photos/canaldoprodutor
twitter.com/SistemaCNA
facebook.com/SistemaCNA
instagram.com/SistemaCNA
facebook.com/SENARBrasil

Áreas de atuação

Política Agrícola

Veja também