Acre

12/08/2019

Assistência Técnica do Senar – AC integra projeto que será exibido em congresso nacional

Por: Astorige Carneiro (ASCOM/SENAR - AC)

Nesta terça-feira (13/08), começa em Uberaba (MG) o 29º Congresso Brasileiro de Zootecnia, com a temática “Tecnologias que alimentam o mundo”. Na ocasião, a Assistência Técnica e Gerencial (ATeG) do Senar – Acre integra um dos temas abordados no projeto da acreana Fernanda Rezende, que atualmente cursa o 8º período de Zootecnia no Instituto Federal do Acre (IFAC).

Professor Paulo Márcio Beber e Fernanda Rezende, acadêmica de Zootecnia. Foto: ASCOM/SENAR - AC

A pesquisa da acadêmica, intitulada “Caracterização de pequenas propriedades leiteiras do estado do Acre”, analisa reformulações de conceito ligadas diretamente à atividade leiteira acreana, para torná-la – com apoio da ATeG e outras ações – mais competitiva e econômica, consequentemente aumentando produtividade de terra e animais.

“A pesquisa foi coordenada junto com o professor e engenheiro agrônomo Paulo Márcio Beber. Através de estágio realizado na Colônia Castanheira, localizada no Ramal Olho D’Água, na zona rural de Sena Madureira, queremos mostrar que o Acre é capaz de crescer consideravelmente nessa cadeia produtiva tão rica. O leite também pode ser transformado em uma infinidade de derivados, e ao levar essa possibilidade aos produtores, já é um passo rumo ao crescimento da produção e da renda deles”, destacou Fernanda.

“O Acre realmente é uma terra rica e que se beneficia em todos os aspectos com mudanças nas gestões de propriedade. Ao proporcionar esse tipo de assistência, o potencial do Estado ruma para um crescimento ímpar, beneficiando não apenas quem produz, mas também todo o mercado envolvido”, explicou Paulo.

No Acre, a ATeG – Leite é promovida em 10 municípios com apoio do Sebrae e do Governo do Estado do Acre. São eles: Acrelândia, Brasileia, Epitaciolândia, Plácido de Castro, Porto Acre, Rio Branco, Senador Guiomard, Sena Madureira, Xapuri e Capixaba.

Veja também