Formulário de seleção de cidade

Central de Comunicação // CNA

10/03/2017

Produtores do Norte defendem juros menores para Programa de Agricultura de Baixo Carbono

Brasília (10/03/2017) – Em encontro realizado na sexta (10), em Porto Velho (RO), produtores da Região Norte apresentaram como demandas principais a redução dos juros do Programa de Agricultura de Baixo Carbono (ABC) e para a construção de armazéns, a regularização fundiária, o fortalecimento da assistência técnica e mais eficiência na operacionalização dos recursos para a agricultura familiar.

As prioridades dos produtores foram apresentadas em workshop para construção das propostas do Plano Agrícola e Pecuário 2017/2018 promovido pela Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) em parceria com as Federações de Agricultura. O objetivo é reunir as contribuições do setor para a próxima safra. 

Segundo o superintendente técnico da CNA, Bruno Lucchi, um dos pontos mais abordados pelos participantes foi em relação aos juros das linhas de crédito para financiar tecnologias sustentáveis por meio do Programa ABC.

“Devido à vocação natural da região em aliar a produção com a preservação, associado ao elevado custo dos insumos em função dos problemas logísticos, os produtores defenderam taxas diferenciadas para o Programa ABC.”, afirmou Lucchi, um dos coordenadores do debate.

Outra questão amplamente debatida foi a regularização fundiária. Os representantes do Norte pediram mais agilidade do poder público para legalizar a titulação das propriedades rurais, pois esta questão tem sido um dos entraves para o acesso ao crédito rural.

As propostas, feitas em parceria com as federações de agricultura e pecuária, serão consolidadas em um documento que será entregue ao governo federal. O objetivo é auxiliar o Executivo com uma série de contribuições para o Plano Agrícola e Pecuário, que deve ser anunciado em maio.

Participaram do debate a assessora técnica de Política Agrícola da CNA, Fernanda Schwantes, e os presidentes das Federações de Agricultura e Pecuária dos Estados de Rondônia (Faperon), Hélio Dias, do Acre (FAEAC), Assuero Veronez, e do Amazonas (FAEA), Muni Lourenço, além de dirigentes de sindicatos rurais, representantes dos governos da região, instituições financeiras e produtores. 

O evento em Porto Velho encerrou a série de debates realizados pela CNA nas cinco regiões do país e no Matopiba.

Assessoria de Comunicação CNA 
Telefone: (61) 2109 1419
cnabrasil.org.br
canaldoprodutor.tv.br
twitter.com/SistemaCNA
facebook.com/SistemaCNA 
instagram.com/SistemaCNA

Veja também